Sobre nós

Seja bem-vindo! Conheça um pouco sobre o blogue.

Legado da Adaga Negra

Leia tudo sobre o novo livro da nova saga da IAN: "Beijo de sangue"

Anjos Caídos " The Fallen Angels"

Aqui podes espreitar alguns capitulos traduzidos. Esperemos que gostes

segunda-feira, 30 de setembro de 2013

CENAS CORTADAS (Phury)



Eu estou a avisar que vai haver sarilhos neste blogue!

Ai vai, vai.

O mamífero não se impõe e depois os visitantes das bloguices acham-se no direito de fazer exigências…

Como é? (eu já de asas nas ancas, pronta para a peixeirada)

Ai não dizem nada? É com o medo, não é?

Pois, meus amigos… Se depois de hoje me voltarem a chamar de preguiçosa, calaceira e desocupada… para além de terem razão, dizem a verdade, mas não publiquem isso que fica mal…
A chefa Nasan anda a ver se me corre por justa causa (nem sei de que está à espera! Cada vez que aqui publico é causa justa de despedimento!) e eu sou morcego com crias, renda de gruta para pagar… é verdade que não pago luz, mas água, gás e tv cabo tem de ser.
Se podia viver sem isso? Podia, mas prefiro que sejam os outros a passar por esse tipo de necessidades.
Também é verdade que não gasto em roupa nem em calçado e que roubo fruta nas árvores… Com o salário que tenho só podia ser assim! Aliás, com os salários que se pagam neste país, não sei como não anda tudo nu e a recorrer à via do surripiar para sobreviver!...

E então, que trago eu hoje?
O epílogo do livro do Phury que nunca chegou a entrar no dito.

Por razões alheias à minha pessoa, resolveram cortar este bocadinho que aqui trago. Na minha opinião, foi a maior asneira que podiam ter feito, porque é uma passagem muito querida. Sei que a maior parte dos leitores ficou com uma péssima ideia do Phury, eu também. No entanto, a partir do livro do Tohr, a imagem dele vai em rota ascendente. Ao reler o Insider’s Guide a figura dele foi ganhando força e nesta altura é dos meus vampiros de top.

Não, não chega para destronar a minha troika (QVZ)… mas é um vampiro fantástico. É, pois.

Escusado será dizer que tomei algumas liberdades para a coisa fazer sentido em português, que é uma tradução livre feita à pressão e blá, blá, blá…

Beijos bons.



CENA CORTADA

Epílogo do livro de Phury


Resenha Amante Eterno (Brasil)


Resenha - Amante Eterno



Caldwell, Nova Iorque…
Uma guerra é travada entre a nação vampírica e a sociedade redutora. Uma guerra que já dura milhares de anos. Esse é o cenário onde se desenrola a história da Irmandade da Adaga Negra. Um grupo composto de seis vampiros guerreiros, empenhados em proteger a humanidade e sua raça contra os redutores, criaturas sem alma com o único propósito de aniquilar os vampiros.
Uma guerra, uma maldição.
Rhage é o vampiro de apetites mais vorazes. O guerreiro mais perigoso da Irmandade. Em seu interior arde a maldição lançada pela Virgem Escriba. Possuído por esse lado sombrio, Rhage teme constantemente que o dragão dentro de si seja liberado, convertendo-o num perigo para todos à sua volta. Sentenciado a domar seus instintos, ele luta uma terrível batalha interna em busca de redenção. Sua vida toma um rumo inesperado ao se cruzar com a única mulher que não o vê como mais um prêmio a conquistar. Mary Luce é uma guerreira. Há anos luta contra a leucemia que devastou sua vida. Agora com a possibilidade da doença voltar, ela precisa lutar mais uma batalha de vida ou morte, onde pode perder não só sua vida, mas também seu coração.
Amante Eterno é o segundo livro de romance paranormal da série Irmandade da Adaga Negra, de J.R. Ward, que chegou ao Brasil em 2009 pela editora Universo dos Livros. Uma série que com certeza veio pra ficar.
Confesso que foi um completo choque de realidade ler esse livro. Embora a temática continue a mesma, a guerra entre vampiros e redutores, em momento algum estava preparada pra ver o lado sentimental de um guerreiro que tinha tudo pra ser inatingível. As cenas sexuais são tão ou mais calientes que no primeiro livro, mas a grande surpresa deste livro em particular é que ele te pega pelo coração. Às desavisadas como eu: preparem os lenços de papel e os corações, pois assim como o meu, haverão momentos em que as lágrimas se mesclarão com a certeza que seu coração se despadaçou em mil pedaços.
De todos os livros que já tinha lido, esse foi o que mais dilacerou minha alma, por isso se forem como eu, que choram mesmo e não se controlam, não recomendo a leitura em qualquer lugar, pois é impossível explicar às pessoas que se está bem quando sua alma foi completamente devastada e você nem consegue respirar de tanto chorar.
Amor incondicional e em sua forma mais plena é do que se trata o livro. Todo o resto pra mim ficou em segundo plano. É possível amar tanto alguém a ponto de sacrificar tudo em nome da felicidade do outro? Até mesmo seu coração e sua alma? Eu acredito que sim, e é por isso que dentre todos os livros da série, esse é sem sombra de dúvidas o meu queridinho, pois ele resume-se pra mim àquele momento em que você pensa que nada pode te fazer sentir mais dor do que já está sentindo.... e você conhece Rhage e Mary, e descobre que ainda havia pedaços do seu coração pra serem destroçados!
A leitura não foi fácil e nem li em tempo recode como o primeiro volume da série. Mas me trouxe a certeza de que me perdi e me reencontrei, no mundo da Irmandade da Adaga Negra.
  

Lu Cavalcante

sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Concurso Cultural com Butch

Saudações Amantes da Irmandade,

 Lembram-se disto?Pois é, já houve a vencedora, Parabéns a Lu!!!

Mas deixem-me que vos diga... Marissa não achou piadinha nenhuma...ora vejam!!!

ATENÇÃO O TEXTO PODERÁ CONTER CENAS SEXUALMENTE EXPLICITAS!!!!


*****
*****
*****
*****
*****
*****
*****
*****
*****
*****
*****
*****
*****



  • *combinei com a Lu Randall frente ao Lugar Seguro e nas sombras aguardo a sua chegada* — com Lu Randall.
    Gosto ·  · Seguir publicação · há 14 horas
    • Lu Randall *olho o prédio à minha frente e sinto a energia que ele carrega, toda a sua história* Foi aqui que vc passou uma boa parte da sua vida, vc trabalhou aqui!
      há 12 horas · Editado · Gosto · 7
    • Butch O'Neal Irmandade Queres entrar?
      há 14 horas · Gosto · 8
    • Lu Randall Claro que sim, sempre quis saber como era um Departamento de Polícia por dentro... embora não seja nenhuma criminosa! rsrs
      há 14 horas · Gosto · 8
    • Butch O'Neal Irmandade Não és? *pergunto a olhar fixamente para ela*
      há 14 horas · Gosto · 8
    • Lu Randall *nervosa com a pergunta e com a forma como ele me olha, sei que aí tem coisa e minha cabeça tenta rapidamente descobrir o que vem pela frente* Que eu saiba, eu não cometi nenhum delito Butch. Cometí?
      há 14 horas · Gosto · 8
    • Butch O'Neal Irmandade *muito sério aproximo a cara da suam levando-a a afastar-se. Quando ela fica completamente encostada ao banco, começo a rir*
      há 14 horas · Gosto · 8
    • Lu Randall *percebo que ele está tentando me intimidar e isso me deixa um pouco nervosa, não sei como agir com ele. Não esperava que ele fosse brincalhão... embora este seja um traço de sua personalidade, não estava preparada para isso* Muito engraçadinho vc! rsrs
      há 14 horas · Gosto · 8
    • Butch O'Neal Irmandade Desculpa. Não pude evitar. *sorrio, saiu do carro e dou a volta para lhe abrir a porta* Vamos?
      há 14 horas · Gosto · 8
    • Lu Randall *seguro em sua mão e saio do carro olhando tudo à minha volta. À noite a cidade fica tão diferente... as ruas desertas, parece que estou em um sonho... que não quero acordar. Todo este ar de mistério me fascina.* Vamos!
      há 14 horas · Gosto · 8
    • Butch O'Neal Irmandade *abro a porta sem dificuldade e mostro-lhe a chave* A fechadura continua a mesma. *sorrio e dou-lhe espaço para entrar*
      há 13 horas · Gosto · 6
    • Lu Randall *não consigo resistir e abro um largo sorriso. Nunca pensei que entrar neste prédio seria tão divertido e em tão boa companhia* Espero que não tenha ninguém, vão estranhar vc por aqui Butch. *entro cautelosamente*
      há 13 horas · Gosto · 7
    • Butch O'Neal Irmandade Confia. Ninguém está! *fecho a porta atrás de nós* O que queres conhecer primeiro?
      há 13 horas · Gosto · 7
    • Lu Randall *mordo o lábio sorrindo com uma expressão travessa no rosto* Que tal me mostrar onde levam os criminosos? rsrs
      há 13 horas · Gosto · 8
    • Butch O'Neal Irmandade *rio* Vi logo que quererias ver isso primeiro. Vamos lá!
      há 13 horas · Gosto · 6
    • Lu Randall *passo pelo corredor que leva à parte traseira do prédio, onde ficam as celas de contenção. Cada passo dado, sinto o coração disparar dentro do peito uma alegria sem explicação tomar conta de mim* Olha lá hein? Não vai me prender não! kkkkkkkkk
      há 13 horas · Gosto · 6
    • Butch O'Neal Irmandade Ui!!! Isso agora... *rio* Queres entrar? *ela olha-me desconfiada* Eu entro primeiro, se quiseres.
      há 13 horas · Gosto · 6
    • Lu Randall Eu não tenho medo de vc. *falo aparentando coragem, mas a verdade é que estou nervosa e entro na cela*
      há 12 horas através de telemóvel · Editado · Gosto · 7
    • Butch O'Neal Irmandade *entro na cela com ela e fecho a porta* Qual é a sensação?
      há 13 horas · Gosto · 6
    • Lu Randall *olho para todos os lados e ele comigo preso dentro dessas grades começa a me deixar apreensiva* Eu... estou bem... eu acho... *engulo seco*
      há 13 horas através de telemóvel · Gosto · 7
    • Butch O'Neal Irmandade Relaxa!! *exclamo* Estás muito nervosa! Eu não mordo, só a minha shellan. *sorrio*
      há 12 horas · Gosto · 6
    • Lu Randall *o que é uma pena, penso divertida* Ah... é claro... isso nem passou pela minha cabeça! rsrs
      há 12 horas · Gosto · 6
    • Butch O'Neal Irmandade *volto a sorrir* Queres ver o meu antigo gabinete?
      há 12 horas · Gosto · 6
    • Lu Randall Sim, eu vou adorar. Estou me sentindo a própria detetive! 
      há 12 horas · Gosto · 6
    • Butch O'Neal Irmandade Vamos lá! *dou-lhe passagem*
      há 12 horas · Gosto · 6
    • Lu Randall *passo do lado dele e sigo em frente. Meus olhos registram tudo.* Nunca pensei que um Departamento de Polícia fosse assim, tão... cinza. kkkkkkk
      há 12 horas · Gosto · 5
    • Butch O'Neal Irmandade Sabes? O ordenado dos policias são baixos e o próprio departamento não tem condições para uma grande decoração, certo? devemos investir em fardas e armas...
      há 12 horas · Gosto · 6
    • Lu Randall Ah, eu entendo... é que... é tão diferente do que a gente idealiza nos filmes e nos livros. Eu não pensei que fosse assim. Ainda bem que nunca cometi um crime na vida! Só roubar uns chocolates da Amalya, mas acho que isso não conta! *sorrio*
      há 12 horas · Gosto · 6
    • Butch O'Neal Irmandade *rio* Mas ela tem tantos que nem deve dar pela falta. Bem, *abro uma porta* este é o meu antigo gabinete. Que te parece?
      há 12 horas · Gosto · 5
    • Lu Randall *entro e passo a mão pela mesa desgastada. Sento em sua cadeira e olho divertida* Pronta para trabalhar. Rsrsrs
      há 12 horas através de telemóvel · Gosto · 4
    • Butch O'Neal Irmandade *rio muito* Uii, que medo!!!
      há 12 horas · Gosto · 4
    • Lu Randall Eu daria uma ótima defensora da lei. *nem eu mesma acredito nisso e caio na gargalhada*
      há 12 horas através de telemóvel · Gosto · 4
    • Butch O'Neal Irmandade *rio com ela* Bem, agora que conheces isto, é melhor irmos. Não tarda vêem fazer a ronda aqui e não convém que cá estejamos.
      há 12 horas · Gosto · 4
    • Lu Randall É verdade. O tempo passou tão rápido... vamos! *me levanto da mesa e saio com Butch até o carro*
      há 12 horas através de telemóvel · Gosto · 4
    • Butch O'Neal Irmandade Espera! *faço sinal de espera e tiro algo dos bolsos, escondendo com as mãos atrás das costas* Tenho uma surpresa para ti. *sorrio*
      · Gosto · 5
    • Lu Randall *paro olhando para ele curiosa e ansiosa.* Uma surpresa?
      há 11 horas através de telemóvel · Gosto · 5
    • Butch O'Neal Irmandade Espero que gostes. *sorrio e dou-lhe um crachá de detetive com o nome dela gravado*
      há 11 horas · Gosto · 4
    • Lu Randall *meus olhos enchem de lágrimas e coloco o crachá na blusa com todo o orgulho do mundo* Obrigada, eu adorei! Vou guardar com muito carinho para nunca mais esquecer este sonho!
      há 11 horas · Editado · Gosto · 5
    • Butch O'Neal Irmandade Não é um sonho. *sorrio e limpo uma lágrima que lhe escorre pelo rosto* Vamos lá que o guarda passa daqui a 5 minutos. *levo-a para o carro e fecho as portas, arrancando* Onde queres que te deixe?
      há 11 horas · Gosto · 5
    • Lu Randall Já que estou de motorista particular hoje, pode me deixar em casa. rsrs
      há 11 horas · Gosto · 5
    • Butch O'Neal Irmandade Vamos lá, então! O que achaste da noite? *questiono de olhos na estrada*
      há 11 horas · Gosto · 4
    • Lu Randall *abro os braços e lhe dou um abraço* Eu adorei, nunca vou esquecer tudo que vi e que foi vc quem me mostrou. Não tenho palavras para expressar minha felicidade! Obrigada Butch!
      há 11 horas · Editado · Gosto · 6
    • Butch O'Neal Irmandade *fico um bocado sem jeito* Não... não tens de quê. *paro o carro* Chegamos. Espero que durmas bem. *sorrio, destrancando as portas*
      há 11 horas · Gosto · 6
    • Lu Randall *desço do carro segurando meu distintivo e sorrindo aceno quando o carro vai embora.* Eu sou muito sortuda! *falo para mim mesma e entro na segurança do meu lar*

      ***** FIM *****
      há 11 horas · Editado · Gosto · 4
    • Marissa O'Neal Irmandade *Me materializo em uma casa dos subúrbios dos humanos. Definitivamente meu Butch esteve ali e a humana morava ali, seu cheiro estava em toda a parte, o mesmo que estava em seu sobretudo quando o abracei hoje na mansão. Existe luz na sala, me desmaterializo para a sala da humana. Ela leva um susto quando me ve parada em sua sala*
      há 10 horas · Editado · Gosto · 6
    • Lu Randall *olho para a linda loira à minha frente. Checando a porta discretamente, percebo que continua trancada... estaria sonhando?* Quem é vc?
      há 9 horas · Editado · Gosto · 6
    • Marissa O'Neal Irmandade Você realmente não tem ideia de quem eu seja, ou melhor, o que eu seja. *Minha respiração se altera, minhas presas se alongam, e pela primeira vez em todos estes séculos eu quero matar*...Você se atreveu a ficar perto do meu Hellen...*um rosnado baixo e gutural saiu sem eu conseguir segurar*
      há 10 horas · Gosto · 6
    • Lu Randall *agora entendia o que estava acontecendo aqui e por incrível que parecesse, compreendia perfeitamente o motivo do estado alterado da fêmea à minha frente* Sim, mas não da forma que vc deve estar pensando. Ele prometeu me levar em um passeio, como amigos, e eu só agradeci.
      há 10 horas · Gosto · 6
    • Marissa O'Neal Irmandade *Começo a andar em direção a humana que começa a recuar até ficar encostada na parede da sua própria sala*...Vamos esclarecer umas coisas, quando for "agradecer" NUNCA *friso a palavra nunca, e nem tento disfarçar as presas totalmente expostas* abrace meuuuu Hellen, ou não terá braços para abraçar. 
      Se manter seus agradecimentos só em palavras sua vida será muito mais longa. *Me desmaterializo e volto a mansão*
      há 10 horas · Gosto · 7
    • Lu Randall *vejo a loira sumir bem diante de meus olhos e então processo o que ela me disse. Num acesso de riso, sento no sofá tentando recuperar o fôlego. Foi realmente uma noite inesquecível, e embora tenha sido ameaçada de morte... não posso culpar a vampira.... sou tão possessiva quanto ela.* Essa é das minhas! É sim! *falo para mim mesma.*
      há 10 horas · Gosto · 6
    • Marissa O'Neal Irmandade ******FIM******
      há 10 horas · Gosto · 6