Sobre nós

Seja bem-vindo! Conheça um pouco sobre o blogue.

Legado da Adaga Negra

Leia tudo sobre o novo livro da nova saga da IAN: "Beijo de sangue"

The Fallen Angels

Conheça a série Anjos Caídos.

terça-feira, 31 de dezembro de 2013

Ward deseja um feliz ano aos seus fãs

Viva Amantes da Irmandade!

A nossa querida J.R.Ward deixou uma mensagem de Ano Novo aos seus fãs via Facebook. Confiram.

Feliz Noite de Ano Novo a todos! Estejam a salvo hoje, nós estamos a passar o dia com amigos e a ver basquetebol - a coisa que mais gosto de fazer.

Esperemos que 2014 seja um ano maravilhoso. Beijinhos

Tão querida a nossa autora favorita, concordam?


#FontedaNoticia

Xcor




Quem é Xcor?

Quem é Xcor realmente?
Me peguei perguntando a mim mesma certo dia. Não pela polêmica gerada com sua chegada ao mundo de IAN, seu envolvimento com a escolhida caída ou como leva a vida. Mas o macho em si…
Não é apenas a trajetória de um órfão abandonado ao próprio destino, uma criança pega pelo bárbaro Bloodletter para ser criado como filho. Um macho forjado no calor da Guerra, de sangue e lágrimas. Sim, porque para mim é impossível não vê-lo como mais uma vítima de toda essa história emocionante. Os sonhos desfeitos, ilusões perdidas, medos, receios… tudo oculto por uma armadura que teve que forjar para se proteger neste mundo insano.
Até onde a loucura e crueldade podem levar as pessoas?
Esse ódio desmedido pelo Rei Wrath, é somente fruto dos ensinamentos no acampamento de Bloodletter? O ódio passado de pai para filho? Eu acho que não. E se minha teoria estiver certa, temos uma linda e sofrida história pela frente, com direito a livro próprio. Um filho da Glymera, rejeitado por seu defeito físico e abandonado à prórpia sorte. Um macho de sangue nobre a quem foi renegada suas origens, destituído de sua identidade e descendência. Uma alma nobre obrigada a converter-se num frio assassino… Matar ou morrer. Eis o lema cru da Guerra. O que vocês fariam?
Bom… quanto a vocês nada posso dizer, mas a loira aqui espera ansiosamente, completamente apaixonada por algo que sei abalará os mundos de IAN. Preparem-se: os Pilares de Caldwell nunca mais serão os mesmos depois de Xcor… ressurgido das cinzas, sangue por vestimenta e uma história a resgatar…
Poderá o amor libertar uma alma já condenada? 
Eu acho que sim e digo mais: The King... é só a ponta do iceberg…


                                                                                                      Luciana Cavalcante

FELIZ 2014 – mini spoiler Lover at Last - Qhuinn



Olá gente fantástica,

Era mais do que evidente que tinha que cá vir desejar um 2014 fabuloso a todos, não era?
Pois.
Já vos disse que só ando por aqui a bater asas por vossa causa, não já? E a parte da humilhação pública ser só para ver se vocês põem um sorriso no rosto, já disse?
É tudo verdade.

O morceguito não vai sair da gruta esta noite. O pai do morcegão está doente e o morceguedo é solidário e vai fazer companhia ao velhote para o animar. É claro que as crias vão ser devidamente amarradas e amordaçadas a uma árvore, para ver se o resto consegue brindar com uns medronhos em paz e sossego.
A minha dona fartou-se de fazer pudins e bolos para os humanos e o morcegão fez um pote enorme de salada de frutas. E mim passou a vida a ratar-lhe o que descascava… A garrafeira está atestada, a comidinha vai ser da boa. Por isso, humano, morcego ou vampiro, está tudo à vontade de aparecer que a gruta não tem porta!

Uma forma de terminar em beleza é dizer que gostei muito da vossa companhia e que espero contar com ela por muito, muito, muito mais tempo, especialmente o meu amor sublime: a minha Micas musa maravilhosa que ainda não sabe como é especial. Desejo-lhe um ano tão cintilante como ela. E que encontre quem a ponha tão inspirada, acelerada, bem-disposta e, ao mesmo tempo, relaxada, como ela me consegue pôr. Mesmo quando me ignora e diz “xô morcego mau” :D

Para finalizar, gostava de dizer que achei este pequenino excerto uma forma fenomenal de vos dizer que o futuro está em aberto e que ele nos pode trazer tudo quanto merecemos.

Bom Ano.
Beijos bons.


MINI SPOILER PARA ALGUNS
Lover at Last

sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

morCeGuices

Bom dia, coisas lindas!

Vim só desejar-vos um Natal feliz, porque dificilmente aparecerei antes.

Queria também dizer-vos que, apesar de serem irritantemente calados, senti que me acolheram muito bem - vinha um calorzinho bom sempre que por aqui voava. (Se calhar era a ventoinha do pc...)

Para mim, vocês são o melhor do meu mundo blogueiro, são todos estrelinhas especiais que me iluminaram a escrita. Tantas vezes, ao preparar uma publicação, me lembrava de alguém e pensava Mmmm, fulano vai gostar, Mmmm, isto é a cara de cicrano, Mmmm, ai quando beltrano vir... E é um prazer tão grande investir o meu tempo em vocês, partilhar convosco as minhas paixões, os meus devaneios e alucinações, a minha vida na gruta...

Tenho de parar de lamechar! *murro na cabeça*

Um excelente Natal.

Espero encontrar um vampiraço embrulhadinho debaixo do pinheiro... He he he... Se o morcegão perguntar, digo-lhe que é um vampiro a dias que me vem ajudar nas tarefas domésticas... 

Beijos muito bons.


quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

Comunicado Oficial



Aqui a morCeGo, escravo e mártir, tem de admitir que é um bocadinho exagerado nas coisas que diz. Por isso, tem que se redimir publicamente através deste comunicado.
Chefe Nasan, sabes aquelas coisas que digo de ti? Não leves a peito. Na verdade, eu gosto de ser explorada e, quando me chicoteias para ficar a trabalhar até mais tarde, é com um certo prazer malicioso que sinto as asas a arder… e cada vez que me chamas à pedra e me trancas no gabinete, estou sempre à espera que utilizes a secretária para algo mais… mais… mais baile da sensualidade, percebes? E quando me gritas e me chamas de incompetente ordinária e me ameaças de despedimento?… Ui… morcegasmos múltiplos… Lembraste daquela vez em que te pedi para me pagares qualquer coisa pelo trabalho e tu disseste que, se eu quisesse dinheiro, devia ir ao banco? Nunca mais me esquecerei. Passo noites a reviver esse momento precioso, na perpétua esperança que se venha a repetir um dia…
Esta é que é a verdade. Sou escrava, mas gosto. A minha Nasan é uma tirana cruel e sem escrúpulos, mas é a MINHA tirana cruel sem escrúpulos.
Vem, Nasan, acorrenta-me ao pc! Exige-me litros de traduções! Põe-me a escrever até sangrar das asas!
Estava a brincar!...
Não acredito em destinos, mas confesso que te encontrei numa hora excelente. Nunca imaginei que isto fosse dar no que deu. (Se é que deu nalguma coisa). És uma pessoa muito especial e desejo-te o que desejo para mim: muitos anos de loucura saudável, lucidez, espírito guerreiro para arrasares com os obstáculos e força para amares e protegeres aquilo que é teu.
E deixo-te Fernando Pessoa.
“Pedras no caminho?
Guardo todas, um dia vou construir
Um castelo.”


morCeGo

Lover at Last




Sabem aqueles dias em que quase não param, que andam a voar de um lado para o outro, fazem três milhões de coisas, desengatam tudo quanto é chatice dos outros, viram-se para todos os lados e acodem a tudo ao mesmo tempo? Aqueles dias que, ao chegar ao fim, dizemos: estou exausta, não me aguento em pé, preciso de um galho para me pendurar? Aqueles dias em que, vendo bem, não fizeram nada, está ainda tudo por fazer, porque se fez tanta coisa, mas o que tinham para aquele dia ficou para trás?

Isso foi o meu dia de ontem.

Com agravantes.

Depois do almoço, fui chamada ao gabinete da Comissão Executiva do Blogue. Por trás da secretária, uma Nasan furibunda fervia de raiva. Mal me vê entrar, rosna e diz que sou uma incompetente e se, ha ha ha (riso malévolo) gosto tanto de capas plásticas para enfiar folhas, que levasse aquelas para ficar consolada – atira-me com umas boas dezenas de micas para cima da mesa. Ai, ai, ai não é bem assim, disse eu. Ai, ai, ai que é sim senhor, disse ela.  Ai, ai, ai que eu afufalho-te e faço-te uma declaração amorosa ainda hoje. E não fiz nadinha… Hoje vai-me pôr uns patins que não há de ser brincadeira…

No final do dia, saio em busca da minha Micas. Xô, xô morcego, disse ela. Ui, ui, ui, exclamo eu. Desaparece que não estou para te aturar, rosna ela. Buu-uu-uu, chorei eu. Ha ha ha (riso malévolo) vai assoar o nariz que metes dó, disse ela. E eu não disse mais nada.

Triste e de coração nas mãos, agarro num tubo de colinha para ver se o compunha. Por volta da uma da manhã fui para o galho. Não consertei o coração, não terminei o que queria, fiquei desiludida com a minha existência morcegueira.

Às cinco da manhã pus-me a pé: a cria tinha desabelhado do galho e esvoaçava pela gruta.

As pestanas não querem descolar. O coração não colou. E eu vou-me calar.

Beijos bons.

SPOILERS PARA ALGUNS
Lover at Last

quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Lover at Last



Olá, gente bonita!

Uma das minhas grandes virtudes é a minha trolhice. Acreditem que, sem exagero, consigo ter uma extensão superior a 600 km2 só dessa qualidade requintada dentro do meu organismo diminuto. E não é para me gabar que acrescento que não conheço ninguém que me consiga bater na palermice.

Penso que todos nós temos um alguém, ou uns alguéns que nos põem bem-dispostos. No meu caso, eu chamo-lhes aceleradores de escrita. Geralmente, só escrevo idiotices, mas a coisa aguça-se na presença de alguns seres. Sim, sim, também estou a falar da Micas (olá, amor lindo!). Mas há mais.

Ontem foi um dia interessantíssimo, porque consegui cruzar-me com todos os meus aceleradores de partículas inspiradoras (faltou um, mas não vem para o caso). Quando me pendurei no galho ontem à noite, só pensava asneiras. Tinha vontade de agarrar numa folha e começar a pôr tópicos, pelo menos. Não o fiz. Acabei por adormecer, acordaram-me cedo e hoje estou totó.

Não achei bem não colocar qualquer coisita aqui, por isso trago mini spoilers com comentários.

Eu ontem reapaixonei-me pelo Qhuinn, enquanto procurava uma secção para vos trazer. Em vez de traduzir, babei, babei, ri-me, voltei a babar e… Caramba!... Fdp da personagem!... Eu gosto tanto deeeeela!... E é tão liiiiinda!... E fofa!.... E parva de tão casmurra!.... Eu conheço uma técnica infalível de descasmurrar, mas ninguém me deixa pô-la em prática.,.. Envolvia sessões de criatividade extrema em que eu praticava a dança da sensualidade… Qhuiiiinn!... Ahhhh….

Dedico esta tontice de hoje às comentadoras assíduas online Marta e Rute. Os meus devaneios e loucuras são dedicados à Viviana e à Bea. Veneração, culto, reverência e paixão fica para mi musa Micas.

Beijos bons.

MINI SPOILERS LOVER AT LAST COMENTADOS

terça-feira, 17 de dezembro de 2013

Lover at Last – Sola e Assail




Bom dia! (Sim, eu sei que não têm culpa por eu ter voltado, mas controlem-se.)

A semana passada foi um caos…

Na sexta-feira passada, quando me olhei ao espelho de manhã, fiquei uma boa meia hora especada. Eu estava um mamífero sexy e esplendoroso, cheguei a pensar que era desperdício ir trabalhar… estava com tão bom aspeto que o mais lógico seria ir bater asas para a rua: beleza assim tinha de ser partilhada com a humanidade!... No mínimo!

A consciência berrou mais alto e lá fui eu, qual estrela de cinema a desfilar na passareca vermelha, trancar-me para ganhar a vida. Pelo caminho, as cabeças voltavam-se à minha passagem – tudo olhares de apreço e bocas abertas de espanto. Ao chegar ao local de escravatura, atiram-me flores e oferecem-me taças com frutos exóticos, o meu chefão propõe-me um aumento e deixa-me ir de férias… Enfim!... Estava tudo como eu merecia…

Entretanto, acordei.

O traidor do espelho, apanha-me de olho desperto e só me mostra pelos arrebitados para todos os lados, mau aspeto e olheiras até aos cotovelos… Uma noja! Desisti de olhar para ele. Só não o parti, porque o morcegão queria aparar a penugem do queixo. É o que dá comprar artigos balatos em lojas chamadas Liong Chiung.

Recuso-me a relatar os pormenores sórdidos desse dia de trabalho com previsões de pioria para a semana seguinte… Foi pornográfico! Entre as dez da manhã e as duas da tarde chegou a roçar a obscenidade… De tão indecente e escabroso que foi, ainda hoje tapo os olhos para não o ver.

O fim de semana foi melhorzito, tive uns (des)encontros con la chica que me pone a hablar cosas raras: mi Micas (por quem me ajoelho em adoração); tentei domar as crias (sem sucesso) e tentei despachar serviço em atraso (em vão). Terminei o domingo a ver uns episódios em atraso de uma série vampírico-babosa (muito por culpa dos lábios do protagonista… até me dá tonturas cada vez que os vejo… Ah… estou a vê-los, estou a vê-los!...)

A senhora que se diz escritora, e cujo estatuto devia ser revogado, não lançou nadinha cá para fora (grrrr para ela). Mas gozou com o pessoal… (outro grrrr)

Na segunda-feira (ontem), a coisa ficou de tal maneira para o meu lado que ainda estou apatarecada. Quando me recompuser, pode ser que vos diga alguma coisa. Até lá, resta-me desejar o do costume:

Boas leituras.
Beijos bons!


MINI SPOILER PARA ALGUNS
Lover at Last

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

The IAN News

 Saudações Amantes da Irmandade,

As ferias estão a bater a porta e não falta muito *riso* Boas noticias não são? Dormir um pouco mais, ficar sentado no sofá no quentinho a ver TV, ou a ler um livro. Mas porque não...ler-se a revista IAN? E vocês devem estar a perguntar, revista IAN? Como assim? Eu explico, o nosso Tohrment, nossa este macho tem maozinhas para tudo *suspiros* e a nossa Selena *infelizmente teve de nos deixar* de tanta brincadeira começaram a fazer uma revista intitulada como The IAN News e tudo porquê? Por causa das chapinhas Wrath, diga-se de passagem que a Rainha teve quase um ataque e ia matando o desgraçado do macho. Mas isso vocês depois vêm a resposta da rainha mais para a frente. Hoje Deixo-vos as duas primeiras "edições" da revista *riso*


The IAN News nº1



The IAN News nº2



Acho que isto seria uma revista de maior furor se fosse em papel.... *pensativa* Não? *riso*

Até à próxima Sombra....


*Nasan

segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Lover at Last – Beth / Layla



Olá, minha gente!

Lá venho eu, armada em totó. Tenho escritórios de trabalho por fazer e ponho-me a blogar…

Este fim-de-semana, o trabalho foi todo ao teto. Mim fez anos, mim estar velhota e acabadinha. No sábado foi um entra em sai da gruta. Tinha morcegada por todos os lados! Fartei-me de comer porcarias e de beber disparates. Falei como uma condenada que não sabia o que era dar à língua, deitei-me a horas pecaminosas e, no dia seguinte (domingo), estava fresca como uma alface viçosa, mas cheia de preguiça. Atirei-me às leituras: eu linda, de livro lindo, a ignorar as crias buliçosas – o morcegão a correr atrás delas e a dar em louco… he he he… – encostada à minha salamalandra… Ahhh… foi morcegasmo atrás de morcegasmo…

A parte melhor? É que nem me pesava a consciência!

Ainda hoje tenho a certeza que merecia fazer disto todos os dias!

Eu nasci para não fazer nenhum. Devia ter nascido numa gruta de ouro, viver rodeada de criadagem escravizada e eu alapada no sofá ao quentinho. Só me havia de mexer para virar as páginas e encomendar mais livros na nets!

Isto é a idade a falar mais alto.

A partir de determinada altura, tudo nos é permitido.
Eu estou nessa altura.
Só não tenho os euros!...
É por isso que lhe chamam aéreos… voam como o caraças!

Ai, ai.

Boas leituras.
Beijos bons.

PS – Micas minha musa, Nasan minha chefe, Viviana minha fã - pensei em vocês!


SPOILERS PARA ALGUNS
Lover at Last
 

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

The king - atualização

Boa tarde!

Hesitei em escrever hoje.

Estava assim meia desconsolada. Não é que a gruta se tenha desmoronado. Não, ela está lá de pedra e sem cal muito bem, obrigada. Mas ando com falta de… nem sei… de qualquer coisa para descontrair.

Mas lá me decidi a fazer uma atualização do que anda a sair sobre o The King.

·         Imaginem lá, que a senhora humana escritora Ward diz que o Wrath e a Beth vão aparecer no dito cujo livro. Ui, ui, que surpresa. Anda a ver se acaba connosco… só pode! Pois quem é que haveria de aparecer? Mim? Era bem feito que aparecesse… Numa cena desavergonhadamente sexy!...

·         O Xcor vai definitivamente, aparecer. Ward recorda o que já todos sabem: que lhe lembra o Channing Tantum (baba, baba, muita baba) e que tem problemas por resolver. E adianta - infelizmente ele está a ir por um caminho que o pode levar à destruição e acrescenta que está com o coração destroçado por causa disso… Escritora maléfica! Que o tire de lá, não é? Mas será que este morcego tem de pensar em tudo? Eu vou escrever à senhora… ela que me ganhe juízo. Eu não quero coisas boas por aí a serem desperdiçadas! Para isso basto eu!

·         Sola, passo a traduzir manhosamente, “digamos que… vai ser salva por um monstro.” Assail! Assail! Assail! Ai outra coisa jeitosa de língua maravilhosa. É mau como as cobras e é esperto como um rato. Mim gostar do Assail. Não tenho opinião formada acerca da Sola, mas que o Assail é bom… Ai que até me estremeliquei toda pelos interiores…

E já está. Não disse mais nadita. Sou sincera, isto é melhor que coisa nenhuma. Mas é tão poooooouco… E não adianta barafustar. Está assim *sinal com os dedinhos* de gente tão desesperada, ou mais, que eu a gritar, a chorar e a implorar por mais uma migalhinha e é tudo ignorado.

Vou procurar consolo.

E a minha Micas que me desculpe por ser tão má companhia...

Beijos bons.


Alguém tem o número de telefone da mansão?

quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

Lover at Last – Beth e Wrath



A minha Nasan anda a queixar-se que tem pouco afufalhedo. Está cheia de ciúmes. Diz que só tenho olhos para a minha Micas e que não quero saber dela. E eu que fui abandonada pela minha Micas má… Ou será que fui eu que a abandonei?... Já nem sei! Abandonamo-nos e tenho saudades!... Ok, desencontramo-nos. Assim é que é.

Resumindo a história com a chefia: estiveram a dar-me na cabeça.
As chefes de agora acham-se todas cheias de poderes e as escravas tipo eu deixam-se levar pelas ameaças terríveis… Sou uma explorada!...

De ontem para hoje aconteceram coisas… na minha cabeça, claro! Pus-me a pensar no presépio: Wrath e Beth - pai e mãe. Comecei por imaginar que um Qhuinn para menino Jesus era fabulástico-orgasmático – Ele nuzinho em cima das palhas… Ahh… Mas achei que era melhor pôr lá o Blay. Assim, o Qhuinn fazia de burro e aquecia-o. É bem que ande tudo contente, certo? É Natal e podem levar a mal…

A seguir, a preocupação eram os reis magos: Vishous, Zsadist e Treez. Achei maravilhoso. O Lassiter seria a estrelinha e ficava pendurado a brilhar em cima da mansão em miniatura que faria as vezes de casinhota. As Escolhidas do Phury iam para ovelhinhas, o Phury era o pastorzinho. E foi aqui que parei com isto. Lembrei-me que faltava uma vaca na história e pelas asneiras que estava a pensar, quem ia acabar lá era eu. Má ideia.

Em ato contínuo, pensei em QUEM fazia de burro – Ahhh… Qhuinn -  e achei a ideia excelente, até me lembrar dos coices que havia de levar.

Desisti. Este ano não há presépio na gruta!

Quero só a Irmandade no sapatinho, ou de lacinho na cabeça, ou prontinha para desembrulhar… até pode vir encaixotada… eu sei abrir caixotes… é um talento que nasceu comigo… sou exímia na arte desencaixotadeira. A sério!

Acho que vou ao fiçubuco escrever na caixinha dos sonhos que lá puseram.

Nasan, esta é só para ti. E não tiveste de esperar até quinta.

Ninguém me mandou abrir o bico… para a próxima, estou caladita!

Boas leituras.
Beijos bons.

SPOILERS PARA ALGUNS
Lover at Last

terça-feira, 3 de dezembro de 2013

THE KING – Notícias e Pensamentos pecaminosos.



            Ainda ontem disse que esta semana não vinha cá. Ok. Arrependi-me. Estava a dar em maluca, pelo que agarrei nas patas e atirei-me ao teclado para desanuviar. Ainda mais que estou com saudades da minha Micas ‘mor (mMm)…

            A nossa senhora humana escritora, depois de anunciar a conclusão do The King, começou a dizer uma coisitas na sua página do fiçubuco. Não avança com quase nada, mas a minha fértil imaginação já está a fazer filmes :D.

            Tudo começou quando apresentou aquele s’Ex – ai, que arrepio de nome. Lembram-se? O tal com tatuagens brancas que não são tatuagens, mas veneno?  - Tenho visões maravilhosas com essa sombra encapuçada… Do género: eu tiro o capuz, eu passo o dedinho alado pelas linhas brancas, eu passo a asa no corpinho bom… O corpinho bom dele passa-se pelo meu peludinho e macio… Ahh… vou mudar de assunto.

            Agora, disse que o Treez vai aparecer com um expressivo “mmmmmmm”- o mmm dela é muito mais comprido que este que aqui pus. Para mim, este mmm é sexo… :D A Virgem Coisa que me atenda o pedido, porque chocolate em ação é algo digno de ser visto (já encomendei pipocas para me instalar a ver esse sombrinha em alta forma… Pipocas, esponjas para meter na boca e uma esfregona nova para limpar os fluidos que escaparem à esponja… Ah, e uma capa plastificada para o sofá… se é que me entendem… He he he…)

            Também anunciou a presença de Assail que, na primeira parte do livro, vai estar muito ocupado, supostamente a matar coisas. Diz também que ele vai ficar a saber que o destino tem sempre formas de tramar o pessoal. Eu que o diga. Esta personagem também me dá os calores. É um Rehv parte II… e eu gosto do Rehv… Ui, ui… principalmente de certas chamadas telefónicas do Rehv… Não sei porque é que nunca me ligou… Quando voltar para a gruta vou fazer cartazes com o meu número. Olá, se vou!

            Finalmente, Lassiter. Diz que vai ter um papel crucial na relação Beth / Wrath. He he he… Este é que eu quero ver. Imagino-o a falar com o Wrath, um e outro com aquela linguagem cabeluda deles, para além de serem ambos cabeludos. Será que quando se zangarem puxam os cabelos um ao outro? Era tão giiiiro… Isso e uma piscina de lama e eles nus a degladiarem-se… Estou a ter morcegasmos… duplois!

            No meio destes abre-apetites, há algumas perguntas que não me saem da cabeça tarada:

·         Será que vamos ver um Wrath a resistir à necessidade de Beth só para não lhe fazer um filho? Claro! Mas não lhe vai adiantar de nada e essa parte do nada acho bem que tenha dezenas de páginas cheios de pormenores pecaminosos…

·         Será já neste que vai continuar a história Blay / Qhuinn? Sorte a mais… Não me parece. Deve saltar este livro para nos continuarmos a salivar mentalmente… Mas eu queriiiiia!
·         Layla e Xcor? Prevejo muitos encontros secretos e ele infinitamente doce e ternurento. Tenho um fraquinho tão forte por pessoal desfigurado…

·         Quais as probabilidades de já termos Rhage e Mary nos preparos? Todas!... digo eu… Finalmente, devemos ter gente a sair do escuro dos cantos da mansão… YES!


Eu sei que não são GRANDES notícias, Mas sempre será melhor do que ZERO notícias.

Beijos bons.