Sobre nós

Seja bem-vindo! Conheça um pouco sobre o blogue.

Legado da Adaga Negra

Leia tudo sobre o novo livro da nova saga da IAN: "Beijo de sangue"

Anjos Caídos " The Fallen Angels"

Aqui podes espreitar alguns capitulos traduzidos. Esperemos que gostes

quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Da Irmandade para Ward...

Saudações Amantes da Irmandade,

Venho convidar-vos a enviarem a foto de vocês ou apenas dos livros. Isto para quê? Bem pretendo, com a ajuda da MorCeGo, enviar uma imagem com as vossas fotos a autora J.R.Ward, para que ela veja como são bonitos os nossos livrinhos, e como mesmo longe nós estamos com ela, J.R.Ward. Será que posso contar com vocês?

Não será muito difícil, basta tirarem a foto aos livros todos ou um só, na cama, com uma manta e a vossa caneca favorita, com o vosso gato/cão...não aconselho ratos ou coelhos ou porcos da índia...nunca se sabe se não vão achar o livro demasiado apetitoso e plim.... vá uma trica no livro.... na neve, no banco do metro/comboio ou BUS... a espreitar da mala... ou livros escolares e no meio um da Irmandade (matéria super interessante...acho que deviam dar isso na escola.... as alunas iam gostar e as professoras babar *riso*) ou com algemas, chicote e uma...venda? Ora usem a vossa imaginação, e mostrem como as Portuguesas são sensuais mesmo com os livros, criativas e divertidas. Agora está a chegar a época do Carnaval e tudo...querem algo mais simples? Então peguem na maquina fotográfica, no telemóvel, na câmara de filmar e mãos a obra!!!!!

Envia a tua foto para: irmandadeadaganegra@gmail.com

Aguardo ansiosa por elas!


*Nasan

NO INTERVALO DA IRMANDADE – Sugestões de leitura



Um dia maravilhoso para todos!

E um bem haja à Aldi Jesus pelo comentário: diz que gosta da relação Lassiter /Tohr e do Qhuinn a salvar o rei. A Sandra Afonso foi atrás da luz do anjo e diz que se riu à maluca com o Lassiter e a tv por cabo! He he he, é muito fixe o Lassiter!... mas eu continuo é a ver muitas asas viradas ao Qhuinn...
Mim aguarda mais comentários e leituras do Amarelito...

Hoje temos rubrica nova! E as novidades ficam todas por aí... E chama-se... atenção... tchan-tchan-tchan-tchaaaaan:

NO INTERVALO DA IRMANDADE

Todos nós sabemos que uma das coisas horríveis da vida é esperar indefinidamente por aquilo que tarda a sair. Sim, estou a falar dos livros da IAN. Uma boa opção é entretermos-nos com qualquer coisita para o tempo passar mais rápido. Como este berloque tem uma parceria liberal com o grupo Leya (nós fazemos o que bem entendermos e eles também) e porque por aquelas bandas se têm mostrado simpáticos e atenciosos (Olá Helena! – se é que estás a ler isto…), vamos fazer algumas sugestões de leitura.

Temos de começar por algum lado, por isso fui à estante vasculhar coisas, fui ao e-mílio ver o que a Nasan reencaminhou da Leya e atirei-me de asas e dentes à escrita.

Sugestão nº1 – Hex Hall, de Rachel Hawkins – Coleção 1001 Mundos

Este é o primeiro de três volumes (o segundo também está traduzido, “Vidro Demónio”). Tudo coisa pequena de ler de um sopro. Conta uma história muito soft, num mundo cheio de criaturas sobrenaturais. O tom é leve e fresquinho, a escrita não traz complicações e dá para rir com as situações criadas.
Aconselho este livro para o pessoal dos 13 aos 130 anos. Ai, e gajos babosos e cenas escaldantes? Népia. Nada disso. Tudo muito inocente. Ai, assim não presta!... Caladitos e não digam asneiras. Mim leu e fartou-se de rir!

Os meus livros têm capas velhas - agora elas são todas pipis e fashion – e, como um está emprestado, só trouxe a figurinha deste que aqui pus.
Basicamente, estes livros acompanham a história de uma jovem adolescente, a Sophie, que, não conseguindo controlar os seus poderes, foi enviada para uma escola especial. Ui, Harry Potter versão coiso… Mais ou menos isso… Mas há fadinhas, bruxas, demónios e derivados, tudo na adolescência, muito encatrafuados numa escola com as hormonas aos saltos... He he he... Pelo meio há descobertas, paixonetas, mistérios, faz-se amizades e arranja-se conflitos. É contado na primeira pessoa e só tem 228 páginas. Para quem lê às 700 a desejar que tivesse mais 100… é petisco.

Por falar em petisco, eis um excerto:
~~~
 [Baile de finalistas, Felicia a chorar na casa de banho por não ter par, Sophie resolve ajudar de modo a ela ficar com Kevin, o “todo-bom” da escola.]

“Desta vez fui cuidadosa”, pensei. “Estou a melhorar nisto!”
(…)
- Brutal! – Observou [Ryan], quando duas raparigas treparam por cima do Land Rover e correram para fora do ginásio. – Um baile de finalistas saído de um filme de terror!
Kevin ainda estava a segurar uma das mãos de Felicia, e naquele momento ajoelhara-se sobre um joelho. Não tive bem a certeza, por causa de toda aquela gritaria, mas pareceu-me que lhe estava a cantar.
(…)
Felicia tirou da mala uma pequena lata vermelha, e pulverizou o conteúdo na cara de Kevin,
Ele interrompeu a canção com um grito de dor. Largou-lhe a mão para esfregar os olhos e Felicia fugiu.
- Está tudo bem, querida! – Gritou, correndo atrás dela. – Não preciso de olhos para te ver! Vejo-te com os olhos do meu coração, Felicia! Meu CORAÇÃO!
Ótimo. Para além de ser demasiado forte, o meu feitiço também era uma lamechice.
~~~

Se o pessoal desse lado acha que é velho para este tipo de livros, pode sempre comprá-los para oferecer aos bisnetos! xD

Fui cuscar preços: 3,50€ o “Hex Hall”; 16,90€ o “Vidro Demónio” (wook / fnac), em formato e-book, o segundo volume custa 11,90€ (wook)

Se alguém já leu, ou quiser dar palpites, mim é toda olhinhos e ouvidos!
A próxima sugestão terá bolinha rouge!

He he he… já está tudo interessado e a fazer contas ao ano que aparece no cartão identificadeiro  para ver se tem idade… Como se passa de velho a novo num instante!... ;)

Beijos bons!

Leyam livros!

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

O QUE DIZEM OS OUTROS II - Na Sombra da Vida

Bom dia!

Está provado que tenho de amuar mais vezes. Estou até a pensar em criar o dia do amuo semanal. Um dia em que me arme em difícil, esqueça que sou uma oferecida sem vergonha. Não é que os comentários começaram a aparecer? Ainda não estou em mim… sinto-me absolutamente desmorcegada…

Viva para quem já consegue comentar no blogue: Othilissa e Rute.

Obrigada pela gentileza de quem me deu os parabéns: Rute, Viviana, Sílvia, Sandra Afonso, Filipa Monteiro, Verónica Silva.


Resposta a MissyLi – Quanto a um clube de fãs, mim morcego acha que é desperdício de tempo montar um. Porquê? Porque só ia ter dois membros no ativo: eu e a minha pessoa. Isso de dizeres que também queres, é trauma que vai passar com o tempo. Confia em mim. Há dias que nem eu me aturo!
Relativamente à pergunta que colocaste sobre o Wrath e o Abre Cartas, em Portugal ele não está em lado nenhum, porque não foi publicado o Insider’s Guide ou Guia da Irmandade. Como, a meu ver, era um desperdício não se saber determinadas coisitas, arregacei as asas e atirei-me às traduções macacas.

 Entretanto, choveram mais opiniões e comentários ao Amarelito.




Bem eu nunca irei ultrapassar a morte da Wellsie (identifiquei-me bastante com ela desde início) mas se ela não morresse o Tohr provavelmente não ia ter uma história assim.
Bem a capa é realmente estranha e não encaixa bem (mas provavelmente puseram a capa amarela para ser parecida com a americana).
Bem eu adoro o Qhuinn, e quando o Blay foi ter com ele após a luta com o Xcor, para ver como ele estava e o Qhuinn começou a chorar (foi só uma lágrima mas não interessa) partiu-me o coração. Nossa Senhora, e quando a Layla entrou no período de necessidade e o Blay ouvia o Qhuinn a ajudá-la (e quem não queria aquela ajuda) e ele "vinga-se" no Saxton ui ui (até fiquei com os calores). A verdade é que não gosto do Saxton mas quando o Blay está à mistura a conversa já é outra.
Agora é só esperar pelo próximo, que é o do QHUINN+BLAY :D TÃO LINDO

Mais uma que só viu Qhuinn e Blay... Estou a ver muita concorrência... Vou andar de olho nesta também...

Ainda vou a meio do livro (literalmente), mas a cena do coelho... li-a terça passada quando estava no comboio a caminho da faculdade... e eu ri-me lá no meio... acho que o pessoal acha que era doida xD
Não ando a fazer contagens dos "Thor" mas sempre que eles vêm dizer olá eu deito as mãos à cabeça... -.-'

Se me aparecesse o Loki, deitava-me era ao comprido no chão...


Ola Mor, gostei imenso do livro , mas como o li em inglês, a capa não me afectou...que diga-se de passagem é horrível..Pronto e tenho dito.

É de mim, ou tratares-me assim de "Mor" no blogue dá aspeto afufalhante? A minha Micas não vai gostar disto... e a Nasan vai-me acusar de só arranjar afufalhos fora do escritório...

Aldi Jesus, o teu comentário vem na próxima sim?

Beijos bons.

terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

O QUE DIZEM OS OUTROS - Na Sombra da Vida

Faço um ano de berloque.

Recuso-me a trabalhar!

Isto foi o que andarem a comentar no fiçubuco, para além das maravilhosas
Rute,
Viviana,
Gabriela Salvatore Winchester, 
Bárbara Pereira, 
Verónica Silva, 
Ossana Silveira, 
Sandra Alcantara, 
Lena Alves
 e Rita Gomes 
que acham a capa esquisitóide... ou não!
(A Gabriela queria as nossas capas...)



Por estes lados:

Bea deixou isto:
Comentários ao livro.... primeiro, uma das cenas que mais gostei do livro, a parte em que a Beth propõe o Qhuinn para irmão e fica rei, Tohr e John de boca aberta. Agora as coisas de que não gostei... traduziram o nome do bar, coisa inédita, mas que depois de até traduzirem ou nome, não me choca nada, a quantidade de erros e até trocarem personagens, por exemplo, na altura em que o Qhuinn está "de cama" sem conseguir falar nem nada e o Blay está lá a dar-lhe um raspanete uma das coisas que ele diz ele meteram como se fosse o Qhuinn a dizer. Enfim, que se há de fazer a esta gente?!


E a Sara Filipa:
- O "FIM" - 
Por um lado adorei o fim em que falaram do meu baby Q a olhar fixamente para o Blay e a dizer que aquilo não tinha acabado mas por outro lado achei estranho toda a cerimónia do vápido.. não me consigo conformar, foi estranho e pronto mas gostei da autumn (rosalhynda e um nome mais bonito) ter ficado com o tohr. já estavam destinados embora não quisessem.

- A CAPA - 
Quanto à capa, não me consigo conformar que seja amarela. Destaca-se muito e para mim aquele amarelo é cor de... não vamos proferir tais palavras

- O LIVRO - 
O.M.G adorei o livro em geral apesar deles precisarem de umas aulas de tradução. GOOGLE TRADUTOR NÃO É ACEITÁVEL !!! enamorado ? really ? a palavra devia ser crush ou algo assim e metem-me uma palavra que não encaixa ali mas pronto a morcego já falou do primal e do primacho, for god sake é primale não mudem e outras coisas que reparei mas ainda hei.de escrever a editora a perguntar se precisam que seja revisora da tradução. (ahhh ler os livros em primeira mão era.. um máximo)

pronto acho que já comentei demasiado o.o isto ficou muito grande mas quando puxam por mim e pela irmandade não me consigo calar.

BTW - FUI A ÚNICA A TER UM AVC, E TANTAS OUTRAS COISAS AO MESMO TEMPO QUANDO O WRATH FOI ATINGIDO E O MEU BABY Q FICOU FEITO NUM OITO ? pronto.. agora é que me fui mesmo.


E já está!


Pouco ou nada escrevi... Mas vocês foram para lá de espetaculares!


Beijos do tamanho do Mundo para este grupo de deusas.

Os outros só levam beijos quando disserem coisas *cruzo as asas, bato o pé no chão, faço biquinho e amuo*.






segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

A MINHA LEITURA – NA SOMBRA DA VIDA




Boa segunda-feira!

Como prometi, deixei o fim de semana para avançarem na leitura do Na Sombra da Vida e hoje vou falar do que me apetece! Sim, para variar… até parece que costumas fazer outra coisa… Sem estragar leituras para ninguém. Calma… estarei aqui a ver progressos?
Vou fazer isto por pontos para ficar arranjadinho:

1 – A capa –
Não me consigo habituar a ela. Arrumei o livro na estante e parecia que tinha um farol na prateleira. Pensei que já não me desagradava, mas… Piu! Amarelo, para mim, é cor estranha.

2 – Citação preferida –
“Graças aos seus feitios [John e Tohr], ambos estavam agora disfarçados com um fato de Capitão Parvalhão – que incluí, sem custos adicionais, a capa da desgraça, as botinas da vergonha e as chaves do automóvel-fode-tudo.” (122) Identifico-me...

3 – Descrição preferida –
A de Qhuinn – … “um touro numa loja chinesa que não queria saber da confusão que deixava à sua passagem.” (450) Acho o animal tãããão apropriado... E estou-me a ver de calcinha justa de lantejoulas a fazer-lhe uma pega... Olé!

4 – O morcego –
Pensei que ao mudar a capa se acabasse o privilégio de aparecer no livro, até ler: …”os pneus a guinchar como um morcego” (429) Quem usou a expressão, conhece-me tão bem… Xcor… Qhuinn…

5 – A história –
Não vou dizer que morro de amores por pares Tohr/Autumn e John/Xhex. Não. Tohr é papá e John é filho. Papás e filhos, na minha cabeça, não têm sexo. E quando o têm, é fixe para eles, é fixe de ler, mas não me causam emoções.
No entanto, é uma história que vale a pena ler.

6 – Personagens em alta –
Xcor (ai que se me aperta o coração…)
Lassiter (He he he… Poderoso!...)
O regresso de Phury (Aleluia!)
O quadrado Layla/Qhuinn/Blay/Sax (O meu Qhuinn não se mete em triângulos… o quadrado é mais perfeito… Ahhhh… o quadrado são dois triângulos…)

7 – Parte lol –
Rhage e o coelhinho. Tive que me conter para não vos mostrar esta nas traduções deprimentes que faço!

8 – Cena 5 estrelas –
Wrath a fazer a vénia ao Qhuinn. Ohhh… foi tão lindo... e ele mereceu tanto... e mim achou tão bem...

9 – A quem me apeteceu dar colo –
Qhuinn Colo permanentemente disponível.
Xcor Porque é que me lembro tanto do V e do Z?Credo… O que eu o encolava!...

10 – A tradução –
Contei cinco vezes “Thor”.
Não há consenso quanto ao papel de Phury, aparece “Primevo” e depois “Primal” (na página 615 foram usadas as duas expressões!).
Não achei bem o “In Between” ser traduzido por Limbo e até por purgatório, como se fosse tudo o mesmo e essas palavras não existissem em inglês...
Não percebi a parte que diz: …”o braço dele deslizou pela parte de trás do peito dela” (226). (Como é que se faz isto?)
Fiquei cansada dos termos “azamboado”, “abancar” e “bazar”. Eu nem sabia que “azamboado” era palavra. Aqui não há zonzos, nem atordoados, está tudo azamboado… (Como estás depois disto? Azomboaste-te? He he he…)

Por falar em termos giros. No outro dia, afufalhava eu como uma doida (e tentava ser afufalhada pelo corpo todo sem grande êxito, mas feliz na mesma), surgiu a palavra “conaio” e eu gostei… xD. Mando daqui o meu amor afufalhante a quem a escreveu! Que o conaio esteja contigo para que te azamboes!

Por estas bandas, espera-se comentários ao livro, ouviram? Co-men-tá-ri-os. Plural. Escolham um ponto. Inventem um ponto. Falem bem. Falem mal. Insultem-me! Sei lá… deitem cá pra fora!

Amanhã acho que faço um ano de lides neste blogue, por isso não sei se escrevo coisas, ou se vou papar coisas doces… A ver vamos. Entretanto tenho cria mais velha enfiada na gruta. Como não tinha teste de voo, nem exame de pelos, acho que as dores não são fitas. Odeio crias avariadas!...


Beijos bons!

COMENTEM!




sábado, 22 de fevereiro de 2014

Na Sombra da Noite

Saudações Amantes da Irmandade,

de facto andei aqui a ver... e reparei que as três imagens que arranjei com pequenos excertos do livro Na Sombra da Noite, não estavam aqui...assim sendo vamos lá meter aqui também... e não só no álbum da pagina do Blog não é....



Já vos tinha dito que Na Sombra da Noite é o meu preferido? Não? Bem ele é...eles os dois são..... fofinhos, lindos maravilhosos...mas não me importava nada de sumir com a Beth e ficar no lugar dela...nhamiiiii Wrath...só para mim...só mim e ele...ele e mim..... *suspiros, suspiros...baba...baba....* Raios!!!! *olho para baixo e.....* Cum catano..... Rebentou um cano aqui.... agua por todo o lado...FUI

The King

Saudações Amantes da Irmandade,

mais um spoilerzito da nossa Ward... mais uma tradução da nossa MorCeGo.


sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Cenas Eliminadas

Olá, pessoal!

Espantaditos, não estão?

Ah, pois é, bebé! Mim conseguiu publicar dois dias seguidos… Repararam nos progressos? Não se fiem, não sou de confiança.

Na próxima semana vou começar a apresentar sugestões de leitura, mas antes vou falar umas coisas sobre Na Sombra da Vida, por isso, quem não leu tem o fim de semana para se debruçar sobre as páginas boas.

Ora, como continuo com o meu treino traduteiro, trago mais uma cena do Phury – não me dei ao trabalho de ver se estava parecido com o livro, também não me dei ao trabalho de tentar descobrir como se designa o papel do Phury: vai Primale e vai muito bem. Vai como no “Originale”. Quanto a este livro, está tudo arrumado, porque já vos tinha mostrado o epílogo que resolveram cortar (aquele com a Nalla).

E sim, este também tem uma bolinha vermelha.

Gostaria de agradecer à Viviana por me ter dado a honra de um comentário sob forma de pergunta pertinente. A resposta é: Deus te responda… (Acharam desnecessário e redundante), e à Rute e à Marta – as fieis comentadeiras fiçubuquianas.

Uma mensagem para a minha Micas musa: se dizes que eu te mato, só tenho a dizer que a culpa é tua por me desatares os nós do cérebro. E, como dizem os estrangeiros, “Ai lambe iú tu”. Nasan, nada de ciumeira barata, ouviste? Se tens ciúmes, compra-me diamantes e poços de pitroile. Estás avisada!

E, finalmente,  um aviso à navegação: nada de rir dos meus esforços caseiros de traduzir! E aquela ali a tapar o risinho com a mão que se ponha fina! Olha que eu agrido e tu faleces! Sim, estou a falar contigo. Vai-te rir para a tua terra! Descaramento...

Boas leituras.
Beijos bons.


Cena Eliminada
do
Livro do Phury
- Parte II -

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

Cenas Eliminadas dos Livros




Olá, gentes!

Como sabem, o The King está quase aí e eu tenho que me pôr fina. Traduzo mal, mas sempre devo acertar numa ou noutra coisa. E, sem treino, a coisa não marcha.

Embrulhei-me nas asas e puxei pela cabeça, até que as minhas orelhas arrebitadas e os meus olhos vivaços ficaram a saber que há por aí guerreiros vampiros muito desgostosos, porque não falo deles… Coitadinhos dos guerreiros machos…

Hoje há Phury. É um vampirão que eu adoro secretamente. Acho que me havia de dar maravilhosamente com ele, para além de me encher a alma com a paisagem magnífica que ele é. No Lover at Last ele regressa em todo o seu esplendor (YES!) e, se tudo correr bem, há de fazer aparições gloriosas no livro gordo do rei. Sim, porque ele ficou apagadito desde que montou o harém… ou a Cormia… Já nem sei…

Quando souber de alguma coisa, mim conta-vos. (A Nasan diz que já não me despede. Até disse que eu era rápida e discreta… He he he… Ai, que enganadinha que ela anda…)

Beijinho especial para a Viviana, para a Rute, para a Marisa Alves e para as outras 22 pessoas que gostaram dos meus spoileritos maus no fiçubuco.

Ah, e para a minha MICAS!... mi musa marabiosa...

Boas Leituras
Beijos bons.



Cena Eliminada 
do 
Livro do Phury

Com bolinha vermelhusca... He he he... como a malta gosta...

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Resultado do Passatempo " A Estação dos Ossos"

Saudações Amantes da Irmandade,

Já tenho o resultado do passatempo, temos um vencedor, isso mesmo...é um rapaz! Parabéns ao Arnaldo Santos. Peço que verifiques o teu email, pois os teus dados seguiram para a editora.

Os demais não fiquem tristes, pois de certo que haverá mais passatempos, e quem sabe...se não será um de vocês o próximo.

E muito obrigada pelo apoio da Leya.



Boas Leituras e até a próxima sombra!



terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

The King

Saudações Amantes da Irmandade,

como vocês viram na pagina da Irmandade, a nossa MorCeGo fez a tradução de ultima hora do The King, deixado pela a autora J.R.Ward, na pagina oficial.

Como não poderia deixar de ser, teria de vir para o Blog, mas...tomei a liberdade de meter o texto numa imagem. Pois nada melhor do que termos, volta na volta, umas imagens com excertos de textos dos nossos livrinhos, e como vocês já confirmaram na pagina, também já fiz, algum tempo, do Livro Na Sombra da Noite.




Mas com isto aproveito para vos fazer um convite, como vocês sabem estamos já no 10º livro da Saga, e em cada livro há sempre aquelas falas que ficam na memoria. O Que me dizem de me ajudarem, a enviar elas? Neste momento eu ando de volta do livro de Butch, mas.... uma ajuda é sempre bem vinda. Posso contar com vocês? Seria pedir muito que se me ajudassem me desses o nome do livro e Pagina?

Enviem por email irmandadeadaganegra@gmail.com

e muito obrigada

*Nasan

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

Memes na Irmandade

Saudações Amantes da Irmandade,

como foi o vosso Fim de Semana? O meu foi muitoooo friorento, mas o Sol até que espreitou e com o convite tão agradável, lá foi passear um pouquinho. Mas aqui entre nós? Nunca, mas nunca pensem em andar de barco (Troia-Setubal) e sairem do carro.... quaseeeeeeeee fiquei como um boneco de neve e sem cabelos...irraaaaaaa, ainda hoje estou a tirar estalactites do nariz..... Lindo mas nojento hahahahaha

Hoje andei a fazer umas coisinhas... querem ver?


Aqui vai








Gostaram?

Até a próxima Sombra....

*Nasan



sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

Feliz Dia dos Namorados

Saudações Amantes da Irmandade,


pois é... hoje é o dia...aquele dia em que andam com raminhos de flores na mãos, preparação para um jantar, romântico...e "nós" aqui a olhar... a contar as moscas no céu...mas...bem o nosso namorado/a pode ser quem nós quisermos certo? Então muito simples e problema resolvido. Aqui a Nasan tem solução para tudo até para a morte!

Primeiro, vestiam aquelas jeans que vos fica a matar, aquelas botas LINDAS, uma blusa bem quentinha e um bom casaco... segunda meta? Recorrer a Bertrand ou Fnac, comprar um belo romance, porque não Na Sombra da Vida?
Depois voltem para casa e façam uma boa taça de pipocas, depois? Um bom copo de vinho ou...no meu caso uma boa garrafa de coca cola *riso* , se as finanças nao permitem comprar um livro bem, é ir até a prateleira e escolher um livro de romance ao acaso. Sentar na cama, com a taça das pipocas ao lado, o vinho sobre a mesa de cabeceira...e desfrutem do vosso amante noite dentro..verão que ele não vai reclamar nem fazer NADA errado *sorriso*

Para os homens...sim rapazes, vocês que são uns tolos e deixaram aquela gata escapar-vos das mãos porque VOCÊS foram uns idiotas? Bem... Podem fazer o mesmo que referi lá em cima, mas com a PSP, Nintendo, o que seja... visto que o vosso grande amor é mesmo os jogos. *riso*

Fiquem tranquilos, para o ano...já terão alguém para trocar presentes. Um jantar super romântico e tudo mais.

*Nasan


quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Ward mata saudades aos fãs da Irmandade


Bom dia para quem está desse lado.

Têm à vossa frente um morcego altamente deprimido, convencido que, caso houvesse prémios para azares na vida, estava neste momento no primeiro lugar do pódio, a receber uma medalha de ouro, a receber um diploma por ter batido records planetários de azaredo e a ser recebida por todos os chefes religiosos do planeta para rezarem e chorarem comigo.

Não vou entrar em pormenores deprimentes e sem interesse, só queria que soubessem que a minha alma está de luto (não chegava ser uma alma negra à conta dos pensamentos pecaminosos todos, que ainda está enlutada… Ah, sorte!...)

Para o caso de não terem reparado, a ausência de novidades irmandadeiras é o prato nosso de todos os dias (sim, a linguagem tende para o religioso graças a esta fase desastrosa que atravesso). No entanto, na página do fiçubuco da autora cujo-nome-não-pronuncio-para-que-não-lhe dê-uma-coisinha-má, foi publicada uma coisa muito gira. No período em que estava uma linha aberta para encomendas de livros para os autógrafos virtuais, ela publicou as eventuais falas das personagens da Irmandade, se estivessem eles do outro lado da linha.

O Fritz, de tanta delicadeza e atenção e vontade de ajudar, não parava de dizer que estava ao dispor e desligaram-lhe a chamada. He he he Quanto a alguns outros (pus os que achei engraçado)

Murdher:          - Não tenho nada a ver com isso… ainda. Mas estou a ir…
                          *clic*

Wrath:              *George entrega-lhe o telefone*
                          - Norma? És tu? Não? Foda-se.
                          *clic*

Qhuinn:                        - Olha. A sério. Desenrasca-te… estou ocupado.
                          *gemido*
                          *clic*

Lassiter:                        - Agora não posso atender. Dr Phill. Deixe mensagem. Piiiiii.
*clic*

Butch:               - Jesus, Maria, José, isto não para de tocar?
                          *clic*

Repararam na desavergonhice do Qhuinn? He he he só está bem a ser traçado… Mim também sabe traçar… se o traçasse, talvez ficasse mais bem disposta… Ahhh… morcegasmo…
E o anjeco? É do piorio. Aquela parte do “Piiiii” é de génio! Quanto ao nosso rei, não há hipótese, a qualidade do discurso e a delicadeza na escolha das palavras é fenomenal! xD

Pois é, meus amores, eu bem tento aparecer por aqui com alguma regularidade, mas os planetas estão alinhados e conspiram fervorosamente para que a minha existência seja uma desgraceira pegada.

Mas tenho planos.

Ui, ui, tenho muitos planos. Um é traçar o Qhuinn… Ahhh… Aguardo novidades da minha chefe boa que anda em e-mailice com a Leya, aguardo notícias sobre o The King e aguardo notícias vossas.

Antes de terminar, queria dizer que quem se andou a despedir de mim às 4h00 da manhã (hora portuguesa) a dizer que vai embora de mim, que nunca será esquecida, que lhe desejo muitas felicidades e que espero ter notícias de vez em quando. Sim, mais uma má notícia…

Beijos bons, coisas boas! 

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Sondagem "Que acham do novo visual do blogue?"

Saudações Amantes da Irmandade,

obrigada a todos os que votaram na sondagem do novo visual do Blog.

Confesso que pensava que iria haver mais votações, sabem... 118 seguidores mais coisa menos coisa, registados, foram os muitos outros... 31 votos apurados.... estavam de férias?^Serio? ha pronto!!! hehehe

Aqui está o resultado:

Adoro!
  19 (61%)
Gosto.
  6 (19%)
Mais ou menos.
  5 (16%)
Não Gosto.
  1 (3%)

Votos apurados: 31 

*Nasan

terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Como tudo começou...

Saudações Amantes da Irmandade,

Bem, por onde começar? Talvez pelo inicio né? Ok ok, assim seja *riso*
A verdade, é que para mim a irmandade tornou-se como uma droga, lenta, sedutora, apaixonante. Confesso e já referi antes, que comecei a ler a Irmandade por acidente... estava a ler um livro, terminei esse dito livro e pensei....Raios, tenho de arranjar outro livro para ler, não posso estar parada a espera que saia o próximo, que deve ser daqui a anos luz. Arrumei troxas e bagagens...como quem diz, agarrei na minha mala, marido atrás, destino... Continente ou Betrand, uma delas... secção Literatura Fantástica! E numa ilha bem bonita e fofa vejo... Na Sombra da Noite...e eu huuuuuuu capa misteriosa, menina atrevida com dentuças afiadas, pescocinho em perigo. Sim, tu vais comigo. Olho para o meu homem e digo-lhe.... querido, cartão por favor. Ele olha-me de esguelha e eu digo...agora, ou vais dormir no canil dos beus-beus... é contigo. Perante tal ameaça aterradora, ele passou-me logo a carteira dele, sorri de orelha em orelha e lá fui eu pagar o livrinho.... bem amei, desde ai virei louca pela irmandade, mas.... Das pessoas que eu conhecia que liam, que por sinal não eram muitas, não conheciam a irmandade, eu estar a falar da Irmandade ou estar a falar Grego era igual. Ficava triste, decepcionada, pois não tinha com quem falar sobre a irmandade. Liguei a Katley, chateei ela ao ponto de ela comprar os livros, ler e juntar-se a mim, numa missão aparentemente impossível. Levar a Irmandade mais além.

Então inicialmente criei um perfil do Facebook, sobre a Irmandade e na altura os Predadores da Noite (acabei por descartar os Predadores da Noite da pagina e focar-me só na Irmandade, pois entretanto começou haver outras paginas e Blogs sobre os Dark-Hunter. Sermos os primeiros em algo e depois irem fazer igual e frustrante...acreditem. Mas pronto.)

E então no dia 14 de Julho de 2011, saiu o Perfil da Irmandade da Adaga Negra




Não nos demos por satisfeitas, eu e a Katley, e criamos o primeiro grupo de Representação de Personagens da Irmandade, dando vida aos nossos personagens preferidos.

E lá criamos o grupo. Na mesma data, 14 de Julho de 2011.



Eramos muito pouquinhos, ainda tentamos convencer maltinha a ler a Irmandade, a juntar-se a nós, representarmos a personagem e no fim distrair-mo-nos e rir-mo-nos dos stresses da vida real.

Mas devido as politicas do Facebook, e para esta chegar mais longe ainda, fizemos então a Página da Irmandade da Adaga Negra Portugal a 25 de Outubro de 2011.

Mas uma vez mais, só a pagina não nos chegava, queríamos mais. E lá andamos nós a pensar e a pensar... Criamos o Blog, o primeiro Blog da Irmandade em Portugal, entramos em contacto com a autora, com a esperança de abrirmos o Blog com uma entrevista.... mas...nunca obtivemos resposta. Assim sendo, eu meti-me a pensar e a pensar....e bem... criei um video da irmandade, na altura com as capas dos livros já editados cá em Portugal.


Foi uma alegria quando o nosso menino foi para o ar, no dia 11 de Maio de 2012, e ver que tínhamos quem nos seguisse, quem nos acompanhasse....até ao dia de hoje.

Mas não nos demos por vencidas..ah pois não. A Katley criou e eu ajudei na informação, da primeira Wiki da Irmandade da Adaga Negra Portugal, íamos colocando lá, consoante a informação que tínhamos nos livros, actualizando a mesma. Mas o que era algo de alegria virou um inferno, Pois estavam constantemente a alterar os dados da Wiki, mudando os termos/nomes Portugueses para Brasileiro, entre outras coisas. É muito chato estar-mos a fazer algo, termos um ponto de chegada/partida para continuarmos o nosso trabalho. Tendo em conta que está lá os asteriscos (* ) dando a conhecer de que aquela informação foi tirada o livro editado na data X e bla bla bla. O defeito enorme da Wiki? É qualquer pessoa pode alterar o que lá está. Assim sendo estamos a ponderar eliminar a Wiki e criar aqui a no blog uma pagina com essa informação. É um caso em estudo, e a precisar de tempo para organizar tudo. Juntar mais informação e tudo mais...vamos ver o que vai sair não?


O certo é que aos poucos fomos crescendo, tanto no Facebook, com 1.161Likes, como aqui no Blog com 117seguidores registados, em colaboração também,

a nossa Morceguinho que se juntou a nós a 25 de Fev. 2013
Futuramente chegou a nossa Alex a 13 de Maio de 2013 
e mais recentemente a nossa Luciana, do Brasil que se juntou a nós a 21 de Setembro de 2013.

e recentemente o Grupo Leya, que agora nos acompanha.

A todos vocês o nosso muito, muito obrigada.

Até à próxima Sombra...


*Nasan

#Beth Randall Irmandade


segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

1º Passatempo: A estação dos Ossos

Saudações Amantes da Irmandade,

como foi esse fim de semana? Espero que bom. Eu estou delirante, apaixonada, rendida seduzida... tenho o meu Tohrment  Sim isso mesmo...acabei de o ir levantar aos correios *sorriso sonhador*

Mas vamos lá ao que interessa.

Pela primeira vez, dia 10 Fevereiro de 2014, o Blog Irmandade da Adaga Negra, tem um passatempo com LIVRO! Yehhhhhhh, sim eu sei vocês vão ver e dizer: "Oh Nasan, mas não é da irmandade. " Verdade, não é. Porque? Bem porque com o apoio da Leya, nos queremos levar até vocês outros títulos e outros autores, que estão inseridos no mesmo tema. E com a esperança de vos cativar e fazer apaixonar por mais uma obra. Que bom não é? heheheh

Aqui está ele, e digo-vos mais. Pelo que li na sinopse...eu estou curiosa, muito mesmo. Vejam só:


A Estação dos Ossos
de Samantha Shannon; Tradução: Fátima Andrade

Edição/reimpressão: 2013
Páginas: 496
Editor: Casa das Letras
ISBN: 9789724622040


Sinopse

2059. Paige Mahoney tem dezanove anos e trabalha no submundo do crime da Londres de Scion, na zona dos Sete Quadrantes, para Jaxon Hall. O seu trabalho consiste em procurar informações invadindo a mente de outras pessoas. Paige é uma caminhante de sonhos, uma clarividente - e, no seu mundo, no mundo de Scion, comete traição pelo simples facto de respirar.
Está a chover no dia em que a sua vida muda para sempre. Atacada, drogada e raptada, Paige é levada para Oxford - uma cidade mantida em segredo há duzentos anos e controlada por uma raça poderosa, vinda de outro mundo, os Refaim. Paige é atribuída ao Guardião, um Refaíta com motivações misteriosas. Ele é o seu mestre. O seu professor. O seu inimigo natural. Mas, para Paige recuperar a sua liberdade, tem de se deixar reabilitar naquela prisão onde tem por destino morrer.


E para te habilitares a ganhar este livro só tens de preencher o formulário mais abaixo.

Regulamento:

  • Participantes só de Portugal Continental e Ilhas (Açores e Madeira)
  • Uma participação por pessoa
  • Passatempo Valido até 17 de Fevereiro 2014 pelas 23:59.
  • Sorteio efectuado pelo Random.org
  • O Blog não se responsabiliza pelo extravio da obra.



sábado, 8 de fevereiro de 2014

Vamps


A Cultura Vampiresca

Vampiros sempre fizeram parte do cotidiano de milhares de pessoas no mundo inteiro. Existem lendas de vampiros desde 125 a.C., quando ocorreu uma das principais histórias conhecidas de vampiros. Foi uma lenda grega. pode-se afirmar que esse tenha sido o primeiro registro por escrito, pois as origens do mito se perdem séculos e séculos atrás quando a tradição oral prevalecia. Lendas sobre vampiros se originaram no oriente e viajaram para o ocidente através da Rota da Seda para o Mediterrâneo. De lá, elas se espalharam por terras eslavas e pelas montanhas dos Carpathos. Os eslavos têm as lendas mais ricas sobre vampiros. Elas estavam originariamente mais associadas aos iranianos e à partir do século VIII é que se espalharam por terras eslavas. Quase na mesma época em que essas histórias começaram a se difundir, iniciou-se o processo de cristianização da região, e as lendas de vampiros sobreviveram como mitos muitas vezes associados ao cristianismo.
Andei me perguntando por que o tema vampiro fascina e encanta as pessoas, passado de geração à geração. Das lendas folclóricas aos clássicos e sucessos de Hollywood. Da diversidade de livros sobre o assunto, aos famosos romances sobrenaturais, nada atrai tanto quanto o ser que vaga à noite necessitado de sangue para sobreviver. Sombras e escuridão sempre foram um chamariz aos fãs do obscuro. O mistério, o perigo… a possibilidade de vida eterna, suas paixões avassaladoras e conflitos existencias sempre me pareceu o pilar… a mola mestra a me empurrar mais fundo nesse mundo soturno. A mente humana é um campo vasto de possibilidades, com a luz sempre vem a escuridão, e é aí onde reside a chama inicial de todo o fascínio que virou febre entre multidões. É fácil compreender o que se conhece como verdade absoluta, a zona de segurança sempre esteve presente na alma das pessoas de fé. É o desconhecido o grande responsável pela necesidade crescente de mais, mais conhecimento, mais respostas às milhares de questões que ainda ansiam por solução. Alguns diriam que é apenas o reflexo de nossos temores mais secretos atribuídos a algo aquém de nossa compreensão. A expessão de nossos medos tomando forma na criatura maligna e/ou incompreendida. É comum temer o que não se conhece. Na minha opinião: BESTEIRA!
Crédulos querem provas, a certeza palpável e incontestável de que os vampiros existem. Não entrarei aqui no campo religioso ou existencialista. Considero-me um grãozinho de areia no Universo ao qual pertenço e para mim não há necessidade de explicação. Eu simplesmente acredito!
Como diria William Shakespeare: "Há mais mistérios entre o céu e a terra, do que sonha nossa vã filosofia".