quinta-feira, 18 de julho de 2013

DE REGRESSO AO FÓRUM DA IRMANDADE


Guten morgen!

Mim feliz. Mim encontrar os meus ficheirinhos perdidos! Vai daí que nos vamos a abotar à irmandade agarrada ao pc.
Se estão recordados, o Lassiter foi baleado por ter interceptado uma bala que se dirigia a Wrath. V foi com Z à procura dele, porque Wrath não deixou o Vishous ir sozinho: ainda se excitava e, em vez de o salvar, ainda o estrafegava.
Ainda bem que encontrei isto, o Lassiter é altamente e estas coisas do fórum têm muitas informações interessantes (para além de serem historinhas porreiraças).

Antes de avançarmos para bingo, queria pedir desculpa por ainda não ter publicado nada das shellans (como disse que faria), mas não há quase nada. De qualquer modo, amanhã vou mostrar a Beth com a Layla no Lover at Last.

E para responder à Viviana, ainda não se sabe o nome da cria da Layla. Aliás, está tudo fechado em copas acerca desta série. Estou a ver se contacto com o pessoal que faz as revisões dos textos da Ward, mas parece que morreu tudo… L

Uma excelente quinta-feira!
Beijos bons.





LÁ FORA NO MEIO DE MERDA NENHUMA
12 de julho, 2006
Vishous
*materializa-se à frente de uma casa de campo em ruinas*
Como caralho é que ele tem internet aqui?
Zsadist
*semicerra os olhos*
*escuta*
O SILÊNCIO ESTÁ-ME A PÔR NERVOSO COMO A MERDA MEU IRMÃO
J R Ward
A casa é uma estrutura de um só piso do início do século passado. Coberta pelas ervas, árvores, cheia de verdura, mas não é um lugar feliz. As plantas estrangulam a luz do sol durante o dia e filtram a lua à noite de forma assustadora.
Tem uma porta da frente, duas janelas e um pequeno alpendre. Nenhum carro. A garagem está a cair. O passeio até à casa a partir do caminho de terra está repleto de ramos da tempestade que passou durante o dia.
Vishous
Vamos entrar. Sacaste a arma?
Zsadist
NÃO O QUE TENHO NA MÃO É O MEU COISO
QUE CARALHO?
Vishous
Vou usar o mhis, mas ele vai saber logo que estamos aqui.
Vamos.
*V aproxima-se da casa, a mover-se silenciosamente sobre a erva ainda molhada da chuva. O ar cheira a pinheiro e a terra e… a qualquer coisa mais.*
Zsadist
*abana a cabeça quando a porta chia a abrir*
*mantem a SIC Saur apontada*
ESPERA QUE DIABO É AQUILO
Vishous
Está tudo bem. Eles cheiram assim quando sangram.
*chama* Lassiter? Ó paneleiro, respiras?
Zsadist
CHEIRA A…
QUE CARALHO É AQUILO NO CHÃO?
Vishous
Eles sangram prateado… não toques.
Lassiter?
*entra mais na casa. Não tem mobília, e está fria apesar do calor da noite no exterior. Também não há comida*
Zsadist
PELOS VISTOS USA O MEU DECORADOR
Vishous
*para* *olha para trás*
Desde quando é que tens sentido de humor?
Zsadist
Eu diria para Ires à merda, mas já usei a expressão
Por isso vou usar um clássico
Vishous
Vai-te foder?
Zsadist
Chupa-mos.
E que tal continuarmos…
Oh.
Vishous
Oh… Uau.
*fita o portátil último modelo* *à beira do qual está uma poça de sangue prateado*
*V olha à volta do quarto vazio, depois regressa ao portátil*
*Z vai até à janela para verificar o exterior*
*** Fêmea***
Vieste acabar o serviço? Ou salvá-lo?
Vishous
*Vira-se, pronto para disparar*
*pestaneja surpreendido*
Zsadist
*em posição de disparar*
*pragueja*
Ó MERDA
Vishous
*sem baixar a arma, apesar de saber que ela não fará nada ao que estão a ver*
Salvá-lo. Onde é que ele está?
*** Fêmea***
Não sei. Vim porque… bem, eu sabia que ele devia estar ferido.
Vishous
Pelos vistos, o Lassiter tem amigos onde menos se espera.
*** Fêmea***
Eu diria o mesmo de ti, vampiro.
Como é que ele se feriu?
Vishous
Por uma razão completamente desconhecida, foi baleado a salvar o nosso rei. Minguantes.
*** Fêmea***
Ele não é destituído de um código de honra. E ele sente-se obrigado a defender o que está certo.
Vishous
Ah, sim. Pois. Vou adicioná-lo à lista para o Natal. Tu deves saber para onde ele pode ter ido.
*** Fêmea***
Não sei. Pelo sangue perdido… e pelo facto de hoje ter estado nublado? Não muito longe. Ele precisa do sol para sobreviver, especialmente se estiver ferido.
Zsadist
UMA PESSOA ASSIM FERIDA SÓ SE DESLOCA PORQUE TEM ALGUÉM A PERSEGUI-LA
E ELE É ESPERTO O SUFICIENTE PARA ENCOBRIR AS PEGADAS
NÃO VAMOS ENCONTRÁ-LO
Vishous
Pois, ele vai esconder-se.
*baixa a arma e dirige-se à fêmea*
Se o encontrares, diz-lhe que viemos. Não suporto o gajo… mas honramos as nossas dívidas.
*revira os olhos* Apesar de, às vezes, custar como a merda.
*** Fêmea***
Reza por céu limpo amanhã. E eu não sei se o verei outra vez. Se o vir, direi.
Vishous
*Vê-a sair*
*respira fundo*
Pega no portátil, meu irmão. Estou quase no limite, entre as armas e o equipamento médico.
Zsadist
*pega no computador* *entretanto toca no rato que ilumina o monitor*
ESPERA AÍ
O QUE É QUE ISTO DIZ?
*vira-se para V*
Vishous
*franze a testa* *inclina-se para o monitor*
PQP!
LARGA ISSO E FOGE!
Zsadist

*atira com o computador*
*corre para fora da casa a toda a velocidade atrás de V…*


Eu gostava de saber que fêmea era aquela... E se fosse uma morCeGuinha? He he he...


ESTOU À ESPERA… V? Z?
12 de julho, 2006
Wrath
(no estúdio)
Que foi?
Que aconteceu?
Vishous?
Z?
Phury
(no estúdio)
Estou a telefonar-lhes agora mesmo.
Nenhum atende.
Atende…
Foda-se, atende.
Rhage
(no estúdio)
Vamos para as coordenadas.
Que se foda isto.
*vai para a porta*
Vishous
(à frente das ruinas da casa de campo)
*atende* *ouve a voz do Phury* O QUÊ? NÃO CONSIGO OUVIR NADA.
*olha para Rhage que se materializa à frente dele* Ei, não olhes para mim assim. Eu aterrei na lama. Hollywood…
NÃO, NÃO ME ABRACES!
Phury
*agradece silenciosamente à Virgem Escrivã*
Z, estás bem?
Zsadist
(no telemóvel do V)
ÓTIMO
ESTA MERDA EXPLODIU TODA
PARECE QUE ME DERAM UM MURRO NA CABEÇA
Wrath
Vocês eram o alvo?
Vishous
Quem caralho sabe?
Devemos tê-lo perdido por pouco. Se calhar ele sabia que viríamos à noite. Ele tinha acesso pelo computador, podia ter sabido pela merda do fórum.
Se calhar pensou que eu vinha para o matar.
Zsadist
OU TEM OUTROS INIMIGOS QUE APARECEM AO ANOITECER
PORQUE DIABO PENSARIA ELE QUE O MATAVAMOS DEPOIS DO QUE FEZ NA NOITE PASSADA?
Vishous
Eu e ele não somos propriamente amiguinhos, percebes?
Olha, eu não sei onde ele está. Mas ele não vai voltar para aqui.
Wrath
Sim. Lindo. Fantástico.
Sentamo-nos. Esperamos. Veremos se nos contacta.
*semicerra os olhos*
V… o que é que não me estás a contar?
Vishous
Encontramos um amigo dele.
Um ******** Editado pela administração*******
Wrath
A sério?
Surpresa, surpresa.
Uma ligação curiosa. Bem, como eu já disse: sentam-nos. Esperamos.
E entretanto, tudo para a noite, rapazes. Há trabalho a fazer.
Wrath
*encosta-se na cadeira, põe os pés em cima de uma mesa baixa*
*cruza os braços*
*resmunga* Merda. Agora já sei como vou passar o resto da noite.
*levanta-se* *sai do estúdio mal humorado*


QUE FAZES?
18 de julho, 2006
Butch
(no Fosso)
Ei, V.
Que diabo fazes tu?
Vishous
(no Fosso)
Nada.
Butch
Então porque é que estás a empacotar essa merda toda?
E o que é que se passa com…
Vishous
NADA.
Cala-te, antes que…
Butch
(no estúdio)
Que se passa, rapazes?
Não estou a gostar disto.
Vishous
Está tudo em ordem.
Nada…
Butch
Está a preparar uma mala médica. E… merda, queres açúcar?
Wrath
Cristo.
Quando é que o Lassiter comunicou? E porque caralho não me disseram nada?
Vishous
Foi hoje. E eu ia dizer-te antes de sair.
Wrath
Não consigo escrever.
Não consigo escrever merda nenhuma agora.
*sai do fórum*
Vishous
Wrath? Então, Wrath…
Merda.
Polícia, aguenta as pontas aqui no Fosso. Eu já venho…


Já repararam que a linguagem destes meninos está cada vez mais refinada?
Ai, ai, eu bem não queria...  mas sem a linguagem técnica isto não era a mesma coisa...








1 comentários:

LOOL! Porque é que as "falas" do Z estavam sempre em caps lock? Ele tava a gritar? ;P