quinta-feira, 1 de agosto de 2013

Critica dos Livros: Na Sombra da Vingança

Viva Amantes da Irmandade!

A crítica ao livro de Rehvenge, Na Sombra da Vingança, já se encontra no nosso separador "Crítica dos Livros". Podem, no entanto, conferi-la abaixo.



Classificação: 5/5

Cada livro da colecção da Irmandade da Adaga Negra centra um dos Irmãos, ou seja, um dos Guerreiros desta Irmandade. O sexto livro, Na Sombra da Vingança, é sobre Rehvenge, o Irmão que será libertado pelo amor.

Assustadoramente viciante. Os romances da Irmandade da Adaga Negra, de J. R. Ward, apresentaram aos leitores um mundo diferente, criativo, obscuro, violento e completamente incrível. Agora, enquanto os guerreiros vampiros defendem a raça dos seus assassinos, a lealdade de um macho para com a Irmandade será posta à prova – e o seu perigoso sangue impuro será revelado. Caldwell, Nova Iorque, é, desde há muito, campo de batalha para vampiros e seus inimigos, a Sociedade dos Minguantes. É também o lugar onde Rehvenge demarcou o seu território como um barão da droga e proprietário de um infame clube noturno que fornece os ricos e bem armados. E é exatamente pela sua reputação sombria que ele é abordado para matar Wrath, o Rei Cego e líder da Irmandade. Rehvenge sempre manteve distância da Irmandade, apesar de a sua irmã ser casada com um dos membros. Por ele ser um symphath, a sua identidade representa um segredo mortal, cuja revelação pode levá-lo a ser banido para uma colónia de sociopatas. E enquanto as conspirações dentro e fora da Irmandade ameaçam revelar a verdade sobre Rehvenge, ele volta-se para a única luz que ilumina o seu mundo de escuridão cada vez mais profunda – Ehlena, uma vampira que nunca conheceu a corrupção que o controla – a única coisa que existe entre ele e a destruição eterna.

A história de Rehvenge dá-nos a conhecer, mais de perto, a raça sympath, à qual ele e Xhex pertencem, mesmo que só pela metade. De modo a proteger este segredo, que caso descoberto levá-lo-ia a ser expulso da comunidade vampírica, Rehvenge submete-se, durante anos, aos desejos sexuais e possessivos da princesa dos sympath, a qual lhe causa nada mais que nojo. Também de modo a sustentar os vícios da referida princesa, Rehvenge tem um negócio paralelo de venda de drogas, o qual é muito rotativo. No entanto, tudo muda quando conhece Ehlena, uma enfermeira vampira da clínica de Harvers.
Ehlena tem um pai doente mental, que raramente se encontra lúcido. Descendente de uma família de poses, mas com o nome e as poses arrastadas na lama, Ehlena luta para manter a sua vida minimamente equilibrada. Quando conhece Rehvenge, Ehlena põe em risco a sua profissão por aquele homem que tanto medo lhe provocava, mas não mais. Não tarda a Ehlena estar completamente apaixonada por este vampiro. Mas os castelos das nuvens deste casal irão desvanecer-se quando Ehlena descobrir os dois segredos de Rehvenge, seu lado sympath e o seu negócio paralelo. Irá Ehlena perdoar o amor da sua vida?

*Katley

2 comentários:

só nao lhe dava 5 pelos erros ortograficos. o livro esta cheio de erros o que irrita bastante

Boa! Eu tenho a mesma opinião da Saraa. Lapsos é uma coisa, gralhas aceitam-se, mas erros? Quem traduziu o livro devia levar um murro!