quarta-feira, 3 de setembro de 2014

E sai mais um pack de cerveja -

Saudações Amantes da Irmandade!!!!

E estamos nós com a nossa lindíssima Barhbara Hillock,Divirtam-se e boas leituras!!!!!! Yehhhh

O barulho de passos á entrada da cozinha atraiu a atenção de Butch, enquanto este fechava a porta
do frigorifico.
-Então meu, vieste-te abastecer?- perguntou Rhage olhando para o que Butch tinha na mão.
-Ficamos sem cervejas no Fosso. Então o que é que fazes?
-Estava a tentar ver se a maquina das pipocas fazia-as com caramelo mas, não estou a conseguir.
Olha, já agora, podes-me dar uma ajuda?
-Na boa! Vamos lá ? És servido de uma cerveja?
-Claro que aceito...
Na grande sala de cinema, as embalagens espalhadas pelo chão eram testemunhas das várias
tentativas de Rhage. Butch olhou para tudo aquilo e assobiou baixinho:
-Vamos tratar disto rápido antes que o Fritz veja e lhe dê uma comoção.
Agarrando nas instruções de uma das embalagens, conseguem após algum esforço colocar a
máquina a funcionar.
-Pronto, faz bom proveito!!
E dito isto, Butch agarrou nas restantes latas de cerveja , e saiu da sala em direcção ao Fosso. Ao
dirigir-se para as escadas, pelas portas abertas do escritório via-se que Wrath estava com ar de quem
precisava de uma pausa. Assomando á soleira da porta, Butch bateu com os nós dos dedos na
ombreira.
-Pode-se?
-Ei meu, que andas a fazer?
-Vim buscar umas cervejas para abastecer o frigorifico do Fosso.
Olhando preplexo, Wrath não pode deixar de comentar:
-Mas, não estás um pouco desviado da tua rota?
-Pois , tive de acudir ao Rhage que estava a fazer a máquina das pipocas passar um mau bocado.
-Qualquer dia ainda nos incendeia aquilo...-Wrath abana a cabeça- Então , mas tens ai uma
cervejinha, é ?
-Toma e faz bom proveito.-Butch riu-se , e deixando a lata em cima da secretária , saiu do
escritório.
Quando já ia a meio da grande escadaria, risos femeninos chamaram-lhe a atenção, cruzando-se
com Beth e Mary.
-Ora um muito bom dia minhas senhoras! Como estão hoje?
-Olá Butch, tudo bem? Olha, eu e a Mary, estamos a pensar ir escolher uns movéis armazenados na
cave para o Lugar Seguro. Podes-nos dar uma ajudinha, se faz favor?
-Mas, claro! Fico sempre contente por poder ajudar no vosso trabalho!
Já se encontravam na base das escadas, quando Marissa se lhes juntou.
-Oh, olá meu amor, iamos agora ao armazém...
Enlançando-a, Butch deposita-lhe um beijo nos lábios e acrescenta:
-Já sei, e vou-vos dar uma ajudinha. -sorri-lhe enquanto recomeçam todos a dirigirem-se para lá.
-Que trazes ai? Uma cerveja geladinha? -sorri Beth.
-São servidas minhas senhoras?
-Claro!-respondem em coro. E rapidamente o pack das cervejas fica mais leve. Butch olha para a
ultima e resolve as acompanhar.
Sem se darem conta, o tempo na escolha dos movéis foi mais longo do que o esperado. Após terem
separado tudo o que era necessário, Butch acompanhou-as á sala de chá. Após as respectivas
despedidas, quando ele olhou para o relógio , teve de novo de assobiar baixinho. Já estava bastante
atrasado e até estava admirado por Vishous ainda não ter telefonado.
Nova visita á cozinha, novo pack de cervejas providenciado. Saida rápida em passo rápido e já
estava quase a entrar no corredor que conduz ao Fosso, quando um chorrilho de palavrões vindo da
sala de jogos o deteve. Após um momento de hesitação e de soltar mais um suspiro, Butch dirigiuse
para lá para averiguar o que se estava a passar. Sentado no grande sofá, rodeado de embalagens
de aperitivos abertas e já meio vazias, Lassiter tentava colocar o canal pretendido na grande
televisão. Os vários comandos encontravam-se em monte em cima da mesa de apoio. Butch abanou
a cabeça e intrepelou-o:
-Então anjinho pirilampo, o que se passa? Estás a tentar desorientar a televisão?
Outra colectânea de palavrões segui-se antes que Lassiter consegui-se explicar o que pretendia.
-Ora bem, deixa-me cá ver isso! -dito isto Butch, sentou-se no grande sofá ao lado dele, pousando o
pack de cervejas em cima da mesa. Ainda foram precisos uns minutos para coordenar os vários
botões. Mas, um grito de alegria surgiu quando se conseguiu o objectivo.
-Muito obrigado meu! Agora vou aproveitar para fazer uma maratona de um dos meus programas
favoritos. Bem , vejo que tens ai umas cervejas. Queres trocar uma, por umas embalagens de
aperitivos?
-Mas, isto já está tudo meio comido! -respondeu-lhe horrorizado Butch.
-E então? Não tenho nenhuma doença transmissivél!
-Se o Vishous sonhasse que lhe levava alguma coisa que já tinha passado pelas tuas mãos, ainda
acabava a dormir na rua! Toma lá uma cerveja e não repitas o que acabaste de dizer. E isto se
queres continuar inteiro por aqui...
E á medida que Butch se afastava da sala ainda conseguia ouvir os protestos de Lassiter, e não pode
deixar de sorrir. Que anjo danado!
O som de passos pesados desviou-lhe o olhar para a grande escadaria. Em passo de corrida John e
Qhuinn desciam-na com um ar bem determinado.
-Aonde vão rapazes?-perguntou Butch com um ar divertido.
-Vamos fazer um joguinho no centro de treino com o Blay.-responde-lhe Qhuinn. John ao reparar no
que Butch tinha na mão, não pode deixar de gesticular:
-Olha, uma dessas para cada um é que ia bem com o nosso joguinho...
Butch olhou para o ar expectante de ambos e não conseguiu deixar de lhes fornecer as latas.
-Divirtam-se rapazes que eu tenho de levar o resto para o Fosso.
E mais uma vez cada um seguiu o seu rumo. Ao entrar no Fosso, para variar, encontrou Vishous
rodeado dos seus brinquedos. Este levantou por momentos os olhos dos ecrans e com um rosnado
comentou.
-Então meu?! Tiveste de ir apanhar a cevada para fazer a cerveja?
Suspirando Butch pousou no bordo da secretária as duas latas de cerveja restantes.
-Nem imaginas...
-Bem, e ao fim deste tempo todo só trazes isto? -resmungou Vishous.
-Para a proxima trago também os saquinhos de aperitivos...-murmurou entredentes Butch, enquanto

se afastava.


*Nasan

3 comentários:

Tadinho do Butch... é a "paga" por ser tão boa pessoa :P

ahah coitadinho do Butch xD muito bom Barbara obrigada :D