quarta-feira, 3 de abril de 2013

SPOILERS - FUTURO DA IRMANDADE - SPOILERS


Ora bem, ontem começou o nosso Plano de Incentivo à Leitura  :D (viram o tamanho daquilo? Quando aparecer uma certa personagem quero ver se se queixam do tamanho… he he he). Se não conhecem o conto, passam a conhecer. Se já conhecem, não se vão arrepender de o recordar.

Mas hoje a conversa é outra: MAIS SPOILERS…

Convém clarificar que as informações foram retiradas de fóruns onde a escritora participou e que ela tem a liberdade de mudar de ideias e/ou o editor de lhas cortar… Para já, o que temos é o seguinte:




SPOILERS______________SPOILERS_______________SPOILERS


ESTÁS POR TUA CONTA E RISCO!


SPOILERS______________SPOILERS_______________SPOILERS





Perguntaram se V e Butch alguma vez se encontrariam sexualmente. (escusado será dizer que a pergunta é recorrente) A resposta foi: “Who says they haven’t already been together and we don’t know about it? (Quem disse que eles não estiveram já e nós não sabemos?) – Pus a fala original porque até eu tenho dúvidas acerca do que li! Meu Deus! Se com o Qhuinn fiquei capaz de não recuperar, com o V vou parar à morgue…

A sonsa da Layla que anda agora a sair da casca, para além de ter perdido a virgindade com o meu Qhuinn, de estar apanhada pelo Xcor, de vir a ter o Throe e o Xcor a matar-se por ela, não está satisfeita. E porquê? Porque já foi dado a entender que uma das possibilidades é ela acabar com o Murdher! (Pois… para a Laylinha tudo, para o morceguinho nada!) Quem não vai gostar desta conversa vai ser o Qhuinn. No entanto, a balança está a pender para o Xcor… obviamente.

E a amiga Virgem Escrivã? Ora, a autora diz que a vaca precisa de um psiquiatra e de Prozac em dose cavalar (he he he… Nem a Ward gosta dela). Diz que ela volta a aparecer para ajudar o vampiro mais poderoso do mundo. Está visto, é o meu Wrath, ou o filho dele... Vai dar ao mesmo. Wrath! Wrath! Wrath!

John, que NUNCA saberá que é a reencarnação de Darius, continua a ter convulsões. Este facto vai ser referenciado de quando em vez. (Achei mal!)

Marissa é a preferida da escritora. (Quêêêêê? Até me engasguei.) Apesar de também gostar bastante de Beth. (Meus amigos, cheira-me que coisas muuuuuito interessantes estão a ser escritas nas nossas costas. Marissa?!... Preferida?!.... Marissa?!... ) No conto Rhage/Mary, a dita cuja Marissa (Marissa?!...) vai aparecer por todos os cantos e esquinas. Está mal! Quem me havia de aparecer por todos os cantos e esquinas era o Hollywood, a Mary que se entretivesse com o bicho das escamas… dragão… Ela - bicho / mim - gajo bom.

Quanto aos Vampirões do Xcor, há dois caminhos em aberto: ou se juntam à Irmandade ou a Irmandade alia-se aos minguantes e correm com eles. E porquê os minguantes? No Lover at Last aparecem minguantes novos, capazes de se desmaterializar, parecem estar um passo cá e outro lá. Ainda mais que Luchas, o irmão do Qhuinn que está para ficar, é suposto ser uma coisa diferente de vampiro (é o segundo ano que a autora diz que ele pode não ter regressado vampiro). No entanto, nem V detetou nada de anormal nele. Neste momento, a hipótese da junção dos vampiros é a que tem mais força. Juntá-los é bem. Também se podiam juntar lá em casa… O que foi? A esperança é a última a morrer!

Existe algo que também deve estar prestes a surgir. No Lover Unleashe (Payne), a propósito de Xcor diz-se que era “Codeless when it came to killing as well: It mattered notwhether the prey was slayer or human or animal or wolfen” (Sem leis no que dizia também respeito a matar: Não interessava se fosse matador ou humano ou animal ou lupino/lobo) Vamos ter coisas grandes, pelo no peito a uivar de noite? Ou melhor, a pôr-nos a uivar de noite? Em vez do Aú, fazemos Ah… Uh…Pelo menos eu!

Trez – J R Ward afirma que o par dele será altamente controverso. Piu! Fiquei sem palavras. Em que é que o Trez se vai meter? No mínimo mete-se no Saxton… he he he… Que ficou pendurado de pata para o ar…he he he

As aulas e os treinos vão recomeçar brevemente (para machos e fêmeas) – para isso anda o Saxton a trabalhar. Não lhe chegava conseguir que Qhuinn fosse para a Irmandade; que o Blay e o Qhuinn se pudessem juntar com direito a cerimónia e tudo; que, ainda por cima, vai levar as fêmeas que lhe roubam os machos lá para dentro. Tramou-se! A menos que lhe apareça o Trez. Dizem que Trez é o número que Deus fez.


E pronto! Acabou no fim!
Pode ser que amanhã haja mais.
Havia de haver mais vampiros à solta no mundo... Isso é que era!

6 comentários:

- Se o V e o Butch já se envolveram sexualmente, eu quero saber, pois ando ansiosa por isso à demasiado tempo (triste, pois)

- Não é justo o John continuar a ter convulsões e não saber que foi Darius -.-''', não gosto de o ver sofrer

- Serei a única que não acha assim tanta piada ao Rhage?? Marissa o.O??? porquê que ela é que vai estar em todos os cantos e esquinas e não o V e o Butch??

- Ela já tem uma saga sobre Vampiros e outra sobre Anjos, será que vai escrever uma sobre Lobisomens também?

- Nunca pensei no Trez como homessexual, mas a ideia não é assim tão má

- Eu tento odiar o Saxton, por ter feito o Qhuinn sofrer (apesar de culpa não ter sido só dele), mas não consigo, ele faz demasiadas coisas boas pela irmandade, só consigo adorá-lo

Cada vez k venho ao blog adoro as novidades e tenho de me rir com a forma k comentas os posts es o maximo.
Mas sera k sou a unica a axar k mesmo ADORANDO todos estes meninos, Ward deveria chegar ao final da saga?
Eu adoro ler cada volume novo, mas no fim fico sempre com uma sensação agridoce, e a minha curiosidade e impaciência vem sempre ao de cima, gostaria mesmo de saber qual o derradeiro final de cada personagem... ^.^ tinha de dizer isto :P

Concordo em tudo com a Denise. Principalmente no que diz respeito ao Rhage: é um totó, coitado... mas é bom... há que admitir.
E obrigada Cláudia, espero não desapontar. Só não concordo com o fim da série. Por mim era livros a sair todos os meses e eu de esponja na boca para não estragar as folhas com a baba... Sou uma infeliz... :D

Apesar de ser realmente uma pergunta corrente, não acredito na resposta...
Se tivesse havido mesmo algo, acho que saberíamos. Por outro lado, a não ser que o Butch soubesse esconder muito bem, ele é muito heterossexual e nunca pareceu ter duvidas quanto a isso. A única coisa que nunca escondeu foi que realmente havia uma ligação entre eles e que estão juntos para a vida.
A tal frase dele no "Na sombra do Sonho" -> « - É o seguinte, V. Tu e eu? Estamos nesta vida juntos, e não é só por causa da minha maldição. Não sei se acredito na Divina Providencia e nessas merdas, mas há uma razão para nos termos conhecido. E quanto à tua paixao por mim? Sentiste foi algo por alguém pela primeira vez na vida.»

Por isso, não estou a dizer que não seja possivel, mas na minha opinião, acho que não houve na sexual entre eles...

Beijinhos

Ah! E esqueci-me de mencionar que também nao concordo muito com o fim.
Eu quero ter 30 e 40 anos e ainda ter a J. R. a escrever *o*

Sobre o final, até compreendo a Cláudia...porque tipo, se a Ward continuar a arranjar personagens novos, para poder continuar a escrever mais livros sobre a Irmandade, a minha carteira vai cometer suicídio e a minha mãe vai-me mandar para um centro de reabilitação xD