terça-feira, 11 de junho de 2013

PLANO DE INCENTIVO À LEITURA

Não sei se repararam, mas autopromovi-me a Chefe Executiva do Plano de Incentivo à Leitura deste Blogue (Estava farta de esperar pelas promoções… ninguém me ligava e eu… pimba!).

Vou continuar a traduzir The Black Dagger Brotherhood: An Insider’s Guide, já conhecem a história do Zsadist e do Wrath e o abre cartas, mas aquilo tem mais… Vou cortar o que não interessa (resumos dos livros, citações e derivados) e vou diretamente ao sumo. O livro inicia com os Dossiês da Irmandade – recordo que a publicação é de outubro de 2008 e que só vai até ao livro de Phury, algumas das coisas até são anteriores a esse livro.

Nestes dossiês são apresentadas individualmente as personagens pela ordem de publicação dos livros. Começa com uma ficha com as características físicas, depois um questionário preenchido pela própria personagem, uma entrevista com ela, resumo da obra e citações.

Ora, apresentado assim é uma seca.

Resolvi, então, para já, apresentar as respostas das personagens, mas de forma a podermos compará-las. Ainda assim, fiz cortes. É estúpido perguntar, por exemplo, quem amam mais no mundo, o que comeram e parvoíces do género.

No entanto, para saberem o que se pode encontrar na ficha de apresentação das personagens, posso dizer-vos que o Wrath mede 2, 10m, a seguir temos um Rhage com 2,7m, o Butch ronda os 2,04m e os restantes (V, Phury e Z) andam pelos 2,01 m. Tudo muito pequenino. O mais pesado é o Rhage com 127 kg, seguido de Wrath com 124 kg, os gémeos oscilam entre os 120 -130 kg, e os mais magrinhos são o V e o Butch com 117 kg. Tudo muito levezinho também.

Se alguém quiser a “ficha técnica” de algum destes Irmãos, ou de todos, eu publico. É só dizer.

Mas vamos às respostas do questionário que a J. R. Ward lhes pediu que preenchessem. Nem todas as perguntas foram colocadas a Zsadist.



Dossiês da Irmandade – o questionário -


Último livro:
Wrath: Goodnit Moon de Margaret Wise Brown (para a Nalla)
Rhage: The Very Hungry Caterpiller de Eric Carle (para a Nalla)
Zsadist: Oh, The Places You’ll Go do Dr. Seuss, para a minha menina bebé
Butch: Green Eggs and Ham do Dr. Seuss, para a Nalla
Vishous: Lowly Worm Storybook de Richard Scarry para a Nalla
Phury: Horton Hears a Who! Do Dr. Seuss (a Nalla)

Nalla!... Nalla!... Nalla!...

O que trazes vestido agora / e o que tens no armário:
Wrath: Calças pretas de cabedal, t-shirt preta Hanes e botas. / Mais do mesmo e um fato da Brooks Brothers e roupas brancas para as audiências com a Virgem Escrivã.
Rhage: Nada. / Coisas pretas, calças de luta, roupas brancas para ver a Virgem Escrivã e uma única camisa Havaiana que a Mary continua a tentar que eu vista.
Zsadist: [deixou em branco]
Butch: Jeans da Diesel, camisa branca Vuitton, uma camisola de caxemira preta Brunello Cucinelli, colónia Aqua di Parma. Ah, sapatos Gucci. O cinto é Martin Dingman. / Devia dizer armários. Sou viciado em roupa – tem mais piada que o scotch em que andava, e fico mais bonito – mas, merda, é caro. Tenho fatos Tom Ford, Gucci, Vuitton, Hermès, Zegna, Marc Jacobs, Prada, Isaia, Canali – os normais. Merdas casuais e desportivas de uma variedade de estilistas como Pal Zileri, Etro, Diesel, Nike, Ralph Laurent, Affliction – não sou um snob. As malhas são Lochcarron of Scotland. Eu e o Phury comparamos muitas vezes opiniões – e competimos. O Fritz ajuda-nos a arranjar as coisas. O doggen vai a Manhattan e traz um camião de mudanças cheio de roupa no nosso número – coisas que pedimos ou que ele acha que vamos gostar. É ele o nosso “alfaiate”. Para camisas feitas por medida e fatos e calças, temos uma relação com algumas lojas e damos-lhes modelos para eles poderem trabalhar. Olha, se ter roupa boa faz de mim um metrossexual? Que seja – mas continuo com o dente partido à frente e saio todas as noites para a luta. É assim.
Vishous: Máscara de cabedal, mordaça, arnês, luvas de latex, algemas e alguns clipes de metal estrategicamente colocados cujos detalhes só te dou se me pedires com jeitinho. Estou a brincar. Camisola preta sem mangas e calças de fato de treino. / Calças, t-shirts, botas, e armas.
Phury: Calças Canali, cor creme, camisa Pink, botões de punho com pedras citrina (presente da minha shellan), cinto preto da Hermès, sapatos pretos da Hermès (sem logotipo por causa do que já tenho no cinto). / Tens pressa? Eu gosto geralmente dos estilistas italianos. Uso muito Gucci. Tenho algumas coisas Prada, claro, e os clássicos Armani e Valentino para homem. Zegna e Canali. Mas também Isaia, que está mesmo em alta, apesar de as encomendas serem complicadas de fazer, e Tom Ford, que, graças a Deus, está de novo no ativo. Vou por períodos ingleses e gosto do meu Dungill e Aquascutum. Desculpa, mas não vou muito pelos franceses. Não, espera… Arranjei umas coisas Dior para o final desta semana. O artista que há em mim gosta de roupas bonitas. Gosto de como caem no corpo e da silhueta que criam. E não há necessidade de ser um selvagem se temos poder de opção. Por falar nisso, é difícil de acreditar que o Butch e eu temos o mesmo gosto. Na verdade, este é o ponto que nos une.

Adoro o V!...
Tenho raiva do guarda-roupa do Butch e do Phury…

Maior medo:
Wrath: A morte
Rhage: Perder a Mary
Zsadist: Acordar e descobrir que tudo foi um sonho.
Butch: Não ser o que Marissa acredita que sou
Vishous: Já não tenho nenhum. Sobrevivi à pior coisa que me podia acontecer e agora não tenho que me preocupar com ela.
Phury: Desiludir aqueles que amo.

Descreve o teu último sonho:
Wrath: Não tens nada a ver com isso.
Rhage: Digamos que o encenei há meia hora.
Zsadist: [deixou em branco]
Butch: Envolvia um longo e escuro túnel e um comboio que o atravessava. Uma e outra vez. Tira as tuas conclusões.
Vishous: Era sobre o Rehvenge, por isso não é nada contigo, certo?
Phury: Andava às compras. Não era de roupa. Estava no supermercado com o carro cheio de detergente para a máquina e amaciador, a subir e a descer os corredores à procura das caixas. Foi mesmo esquisito. Mais esquisito foi quando acordei e a Layla me disse que queria aprender a usar a máquina de lavar roupa. (Aquilo não correu bem, infelizmente. Eu adoro aquela fêmea, mas tarefas domésticas? Não é com ela. No entanto, tem um talento espetacular que nos põe a todos boquiabertos.)

[O talento de Layla está farto de ser mencionado em várias eventos com a J R Ward, mas ela ainda não disse o que era.]

A parte mais sexy de uma fêmea:
Wrath O pescoço da minha shellan
Rhage: Depende do meu estado de espírito… Acho que sou omnívoro. O que significa que gosto de mordiscar em tudo e mais alguma coisa.
Zsadist: Só a Bella diz respeito
Butch: Seria indiscreto escrevê-lo. Usa a merda do cérebro.
Vishous: Eu digo-te qual é a parte mais sexy da Jane: a mão fechada.
Phury: Vou passar esta. Não me sinto à vontade a responder a este tipo de coisa.

Totó do Phury :D

O que gostas mais na tua shellan:
Wrath: Tudo. Sim, é isso.
Rhage: O som da voz dela. A forma como ela se põe à minha beira na cama e fala comigo na escuridão do dia e eu sei que estou a salvo.
Zsadist: Tudo. Cada centímetro de pele, cada fio de cabelo, cada sonho e esperança nos olhos dela, e todo o amor que tem no seu belo coração.
Butch: Adoro a pele e o cabelo e o modo como cruza as pernas pelo joelho e coloca as mãos juntas. Adoro o sotaque e os pálidos olhos azuis e a maneira como ela é a mulher mais bem-educada que já vi e que mesmo assim me da vontade de… er, na mesma. Tem um estilo perfeito e um gosto espantoso e acorda a cheirar bem. Mais do que isso… sempre me amou por aquilo que sou, nunca quis que eu mudasse. O que faz dela um anjo.
Vishous: O cérebro.
Phury: A maneira como olha para mim

Vishous… twelve points.


E quê? Parece-vos bem o rumo que estou a dar a isto, ou fecho as asas e enfio-me na gruta? Eu achei engraçado a forma como, ao responderem às mesmas questões, se consegue ver a personalidade de cada um.
Vishous… Ahhhhh…



4 comentários:

Muito fixe! Continua XD
Será que a nossa escritora favorita vai fazer outro inside guide com o resto do pessoal?

Último livro:
- pelo menos estava a contar que o V tivesse lido alguma coisa que não tivesse sido para a Nalla xD

O que trazes vestido agora / e o que tens no armário:
- o Butch ser viciado em roupa é hilariante
- Gostei bastante do armário do V :3

Maior medo:
- fiquei arrepiada com todos =S

Descreve o teu último sonho:
- o único que tivera um sonho decente foi o Phury. Não sei sinceramente o que pensar do sonho do V com o Rehv. Os restantes tiveram todos sonhos molhados zD

A parte mais sexy de uma fêmea:
- a sério V!? a sério!? Ai céus!

O que gostas mais na tua shellan:
- uns super queridos, outros nem por isso (como é que o Butch consegue ser querido e ter a sensibilidade de um camionista na mesma frase o.O?)

Amei, por mim não deves fechar as asas. Fartei-me de rir, eles realmente são fantásticos. Fiquei foi com vontade de saber as resposta do Qhuinn, mas prontos com um livro de 2008 não há milagres.

Tenho o livro em inglês e ainda não o li todo. Vou lendo partes e vi uma que me deixou boquiaberta! Na parte das cenas apagadas e em relação ao Phury...
*SPOILER*
De acordo com a autora ela apagou porque toda a gente lhe dizia para não colocar no livro de Phury e que se passava 5 anos depois. Aparece a Nalla, o Z, Phury, Bella, Cormia e depois o primo bebé da Nalla!! O Ahgony ou Aggie! :) CHOQUEI!!lol
Sinceramente ainda bem que ela não colocou isto no livro porque era avançar demasiado na história e sabíamos que nos próximos 5 anos não aconteceria nada ao Phury e que Cormia sobreviveria ao parto. Ainda bem que não pôs porque assim sempre pode mudar a história.
Estas partes também seriam interessantes de traduzir.
Parabéns pela tradução.
*.*

A autora deveria fazer outro Insider´s Guide agora com os livros e as histórias mais recentes. E claro, ser publicado em Portugal porque também merecemos!
*.*