quinta-feira, 19 de setembro de 2013

FARTA DE ESPERAR PELO REI!

Sou um morcego à beira de um ataque de nervos.

Não há notícias.

Ninguém diz nada, não se sabe de nada e eu ando à míngua de informações.

Vou choraaaaaaaaaar.

Pronto, já se sabe que The King vai começar com a frase “Long live the King”. Pois, pois… e mais? E pormenores técnicos? Népias. Toca a esperar pela saída da outra série dos anjecos para ver se ela se descose na apresentação do dito livro. E tenho de esperar pelo mês de outubro... *lágrimas, lágrimas*

Entretanto, continuam a apregoar pelo blogue o bom que foi estarem todos juntos, para que quem esteve todo separado (eu, mamífero desprezado) se continue a roer de inveja.

Blá blá blá… altamente… Blá blá blá… divertido… Blá blá blá… olha as fotos…

Metam as fotos num álbum e guardem-no! Há aqui quem não queira saber!

Blá blá blá… temos de repetir… Blá blá blá… e os vídeos…

Devem estar à espera de algum Óscar! Gente deprimente!

Pior ainda, andam a fazer concursos manhosos no facebook e ninguém se lembra de me patrocinar uma noite maravilhosa com um vampirão jeitosos como pagamento pelos serviços. Sim, porque eu acho já mereço uma coisinha boa para me animar e ter forças para me agarrar a isto.

Ai eu a deitar a asa linda sobre o meu Qhuinn lindo…. Ahhhh… ou a pentear o cabelinho ao Wrath com as minhas unhas maravilhosas… A contar as cicatrizes nas costinhas do Z… a ajudar o Vishous a aparar a barbicha… Meu Deus!... O Lassiter a passar-me a mão no pelinho… o Rhage a encher-me os olhinhos brilhantes de…

Sim, peço pouco, peço.

Para os outros: tudo. Para o morceguinho: nada!

Espero que tenham muito dinheiro, porque a felicidade não vos há de bater à porta. Fiquem a saber que a minha inveja é poderosíssima. No mínimo, mata-me primeiro…

Entretanto descobri que anda tudo (quase tudo) a comer do sono e que ainda não acabou de ler o último livro. Para meu horror e espanto, nem em Portugal, nem no Brasil. Pelo amor da santa! Anda tudo a parvejar? Hellooooo!... Vishous… Qhuinn… (Ahhhh…). Estão à espera do quê? Que eles vos apareçam à porta a dizer que vocês são o capuchinho vermelho e que está lá para vos comer?!

Ai eu com um capuchinho vermelho e o vampiro mau a querer-me papar… Já não o deixava ir à avozinha… a velhota que se danasse, que eu ia para trás da moita com ele… Ui, ui! Que mimo!... Merda! Babei o teclado outra vez!...


Para ver se tenho mais sorte na vida, prometo começar a dedicar-me a traduzir umas coisas interessantes para adoçar o biquinho dos meus passarinhos lindos (os que, como eu, nem passeios, nem encontros, nem concursos, nem vampiros a bater à porta), porque os melros feios não vão ter direito a nada! Que se encontrem, tirem fotos e façam vídeos! *língua de fora*

Beijos bons e desculpem a ausência. Pedi que aumentassem os dias para as 30 horas, mas não me deram ouvidos… Tenho que me contentar com as 24!...


Que eram melhor empregues se pudesse passá-las a procurar defeitos no corpinho do… Frecizo de uma esfonja para afsorver a salhiva… Blheghuelhe…

2 comentários:

MorCeGo!!!!!!As saudades que eu tive de ti. Ainda bem que estas de regresso e toda animada como de costume. Eu estou como tu...blablabla...encontro...blablaba...fotos!!!!Alguém tem que trabalhar neste País (eu , sempre eu!!).
Traduções peludas e cabeludas é o que nós precisamos por isso poe as mãos ao trabalho...please. Eu já li o livro, adorei a historia mas fiquei um bocadinho desapontada com algumas partes da tradução. No entanto, tenho reparado nisso ultimamente em vários livros , o que me entristece bastante. Não acho as traduções tão cuidadas com de costume....Enfim, até isso piorou. Beijos melados e ...toca a trabalhar

Bem vinda de volta Morceguinha, já estava com saudades!