terça-feira, 1 de dezembro de 2015

Blood Kiss saiu!!!

Olá pessoal!!!

Desculpem o atraso, mas não consegui mais cedo.

Hoje saiu o primeiro livro do spin off (saga "paralela") da Irmandade. A Saga, como já disse, terá o nome do Black Dagger Legacy (Legado da Adaga Negra) e o livro tem o nome Blood Kiss (Beijo de Sangue). E aqui está ele!!!!


De momento é a imagem de capa E perfile da Ward. E para além da capa ela fez alguns posts, do qual vou traduzir o que achei mais interessante e uma publicação no blog dela do Goodreads (que vou traduzir, link a baixo para a versão original).

Vamos começar pelo post no face (versão portuguesa seguida da original) e depois coloco aqui o do Goodreads. ;)

----V.P.----

O Beijo de Sangue é lançado hoje! Os Irmãos originais estão de volta à acção com novos recrutas no centro de treino... e o Lassiter, bem, ele é TU SABES... se gostas de romances paranormais, este lançamento para o grande mercado é o livro para ti.


----V.O.----

BLOOD KISS is out today! The original Brothers are back in action with new recruits in the training center- and Lassiter, well, he's YOU KNOW... if you like paranormal romance, this mass market release is the book for you!

---- Versão tuga do post do Goodreads----

O Beijo de Sangue, o primeiro da minha nova série, Legado IAN, sai hoje… e eu pensei em reflectir um bocado em come este spin-off veio à minha pequena mente.

Eu não reio reviews (opiniões), é verdade. Em primeiro lugar, não podes escrever por comité, a leitura é muito subjectiva e o que uma pessoa gosta pode irritar outra. Em segundo, as histórias nem sequer estão interessadas na minha opinião à cerca delas… se tento fazer enredos ou as pessoas fazerem alguma coisa, as vozes e as imagens na minha cabeça ficam silenciosas e escuras e passo a ficar com nada. E em terceiro, na altura em que as opiniões saem eu já estou 2 ou 3 livros à frente e, acreditem em mim, o meu próprio catálogo de falhanços é tão extenso, que não há espaço nesse armário de arquivos para a lista do que poderia ser diferente ou melhor de mais ninguém.


O que aproveito é o “espírito” à cerda dos meus livros. As pessoas vêm ter comigo às sessões de autógrafos, ou deixam-me PMs (mensagens pessoais) ou emails, ou falam com a equipa… e a minha equipa mantêm-se actualizada em tudo o que se passa no mercado. À cerca de 3 ou 4 anos atrás, tornou-se aparente que, apesar de uma grande porção dos meus leitores adoraram os livros grandes e mais complicados da Irmandade… e eu adoro escrevê-los… uma porção lamentou o afastamento do mais tradicional, sensação de romance paranormal das primeiras 4 histórias. Dark Lover (Na Sombra da Noite [pt], Amante Sombrio [br]), Lover Eternal (Na Sombra do Dragão [pt], Amante Eterno [br]), Lover Awakened (Na Sombra do Pecado [pt], Amante Desperto [br]), Lover Revealed (Na Sombra do Desejo [pt], Amante Revelado[br]) são no seu interior romances paranormais com o tipo de foco nos heróis e heroínas e final HEA (acrónimo para felizes para sempre em inglês) que os leitores que adoram estas histórias têm todo o direito de esperar. Contudo à medida que a série da Irmandade da Adaga Negra continua o mundo continua a crescer e a ficar mais complicado… e acompanhar esse crescimento requer uma bifurcação do foco que desenvolveu o drama global e que significou, por necessidade, que outros pontos de vista e enredos fora do romance principal tivessem mais tempo de antena.

Mais uma vez, não há um certo ou errado quando se fala de histórias, ou contar histórias,… ou preferência pessoal. Mas na minha linha de trabalho, apenas um louco não considera as opiniões da sua audiência e tenta, pelo menos, explorar e ver se elas podem, ou não, ser correspondidas. E em neste caso foi um sonoro: OHHHH BRILHANTE!!! À cerca de um ano atrás, enquanto o meu GM (suponho que neste caso seja algo do género director geral) e eu estávamos a trocar ideias e a olhar para o próximo ciclo de trabalho ele disse: - Hey, sabes o que é que o pessoal ia mesmo gostar…?

- A volta aos velhos tempos.

E não é necessário dizer que o Nath está sempre certo. Os livros da Irmandade da Adaga Negra vão permanecer grandes, sumarentos e épicos, com montes de drama e coisas eróticas. Não tenho nenhuma intenção de para com a saga ou abrandar o seu plano de produção… todas as primaveras, está programado o lançamento de um novo livro da Irmandade!! (Se Deus permitir e não acontecerem desgraças, etc., etc., etc.) Enquanto isso, os livros do Legado IAN vão ser lançados no início de dezembro e eles vão ser mais como a tradicional história de amor, intersectados com atualizações à cerca das vidas dos Irmãos originais e pequenas imagens da sua… bem, Irmandade geral tal como ela era.

Eu acho que estabelece um bom equilíbrio entre manter o mundo em Caldwell, NY a andar e a crescer enquanto, ao mesmo tempo, não deixar para trás as verdadeiras raízes da série que mudou a minha vida e carreira para sempre… e que eu amo com todo o meu coração.

Em Beijo de Sangue temos, por exemplo, o encontro entre a Paradise, a filha protegida do Primeiro Conselheiro do Wrath e Craeg, o lutador do lado errado das fileiras, que se irão apaixonar e ultrapassar as suas diferenças para poderem ter um sonoro final feliz. Também vão ter uma actualização em relação ao Butch e à Marissa… onde eles estão na relação, no que é que eles estão a passar como casal, como eles trabalham juntos para fazer a relação deles crescer e aprofundar-se. Há 4 pontos de vista no livro. E mais nada. (Bem, numa das cenas podes entrar na cabeça do Peyton o melhor amigo da Paradise). Por manter as lentes “apertadas”, garanti que as histórias de amor são os dois enredos principais do livro, e que a sensação do romance esteja realmente em primeiro plano.


Tal como, os bons velhos tempos.

Oh, e tens a oportunidade de ver uma carrada dos Irmãos originais à medida que eles trabalham em conjunto para ensinar os recrutas… bem, e a matança de pobres FDPs na Primeira Noite (seja lá isso o que for). Jesus. E depois há o Lassiter na piscina… (Agora fiquei curiosa... O.O)

Woah…

De qualquer medo, esses são os meus dois centros para esta nova série… eu espero realmente que o pessoal aprecie o Beijo de Sangue. Passei um bom bocado a escrevê-lo e já estou a definir os contornos para o 2º volume da série, que vou começar o manuscrito assim que tiver o Angels’ Share (O Quinhão dos Anjos? Mas que raio?…) o segundo volume da série Bourbon Kings feito.

Como sempre, muito obrigada, a todos vocês, pelo suporte! Eu não iria conseguir fazer este trabalho, que eu amo, sem ele.

Abraços, J.R.

Aqui está o link do site onde se encontra a versão original da tradução anterior: https://www.goodreads.com/author_blog_posts/9499200-blood-kiss-bdb-legacy-1


Por hoje é tudo. (E já me fartei de escrever) Caso não se tenham apercebido, tudo o que está dentro de parentises, a negrito E a itálico são comentários meus ao que foi escrito pela Ward.

Estão todos à vontade para dizer o que acharam da tradução ou se há algo que acham que não está bem, ou  que não se perceba, ou as duas. Já que a minha formação nem se quer é de letras pode sempre falhar alguma coisa... XD

Bem, agora vou-me, até à próxima publicação, fiquem bem.
Sunshine ;)

4 comentários:

A tradução ta ótima eu to fã aqui rsrsrsrs. Essa escritora me dá a impressão de que tudo neste mundo da irmandade dela é tão real que chega a ser doido kkkkkkkkk. Mais amo de paixão cada livro dela sobre a irmandade da adaga negra. Excepcional a linha de raciocínio dela e como da ouvidos aos fãs da série. Muito legal. Hoje o dia foi show!!!

É verdade!

Principalmente quando ela diz " Que escreve aquilo que eles lhe dizem" da primeira vez fiquei...wowww que raio está ela a falar? Querem ver que não estamos mesmo sós? É dificil não amar este mundo que ela nos apresenta

*Nasan

E quando é que teremos esse livrito cá em Portugal????

Saudações Inês!

Ora ai está uma bela pergunta. Também faço ela "N" vezes... o problema? É não ter nenhuma resposta. É uma crueldade! Nós fãs adoradas e fantásticas deixadas assim ao escuro!

*Em tom de conspiração* Vamos fazer os editoras da Leya Reféns até nos trazerem o livrito... com capo bonitinha e a tradução maravilha em Português! Que achas? Conseguimos? ehhehe

*Nasan