quinta-feira, 14 de abril de 2016

THE BEAST - Excertos 6 - SPOILERS

Olá pessoal!

Espero que esteja tudo bem. Finalmente acabei de ler o The Beast, um pouco mais de uma semana depois da nossa Morceguinha o ter lido.

Hoje trago uma cena que se passou com o nosso Rhage e que eu achei muita piada. :)

E sem mais demoras vamos à tradução. ;)

Capítulo 65
[...]
(A Mary ia para o guarda fatos procurar uma roupa para o Rhage usar numa entrevista)
O grito que emanou da casa de banho era suficiente para lhe dar uma porra de um ataque cardíaco.
- Rhage! Rhage... o que se passa!
Ela atravessou a carpete a correr em direcção à... apenas para embater contra as costas dele.
- Estão a gozar comigo, caralho? - ladrou ele.
- O quê, o que é que estás...
A Mary começou a rir de tal maneira que se teve que sentar na beira do jacuzzi.
Alguém, ou mais que uma pessoa, o que era mais provável, redecorou a casa de banho deles com o tema da Pequena Sereia. Havia toalhas da Pequena Sereia penduradas nos ganchos e nos suportes, uma carpete da Pequena Sereia à frente do lavatório duplo... Copos, escovas e pasta de dentes da Pequena Sereia nos móveis... Shampoo e condicionador da Pequena Sereia no chuveiro... bonecos alinhados na beira da banheira e da janela grande que tinha vista para os jardins.
Mas o melhor de tudo era, sem sombra de dúvidas, as coisas na parede. Cerca de cento e cinquenta autocolantes, posteres, clings e recortes de livros de colorir foram colados ou afixados em todos os centímetros quadrados de superfície vertical.
O Rhage deu meia volta e ia marchar para fora... mas ele não teve que ir muito longe. Um amontoado dos seus Irmãos encheram a sua suite, os machos a trocar high-fives entre eles e a dar estaladas no rabo do Rhage.
- Eu vou-vos fazer pagar por isto. - rosnou ele. - A todos vocês... principalmente a ti, Lassiter, seu pau do caralho.
- Como? - respondeu o anjo caído. - Inundando o meu quarto? Já tentaste isso com a dispensa e o Fritz resolveu o assunto numa noite.
- Não, vou esconder todos os desgraçados dos comandos cá de casa.
O anjo congelou. - Okay, essas são palavras de guerra.
- Boom! - gritou o Rhage enquanto batia ele batia nas ancas. - Com'é que é, cabra.
O Lassiter começou a olhar para os Irmãos à procura de ajuda. - Não teve piada. Essa merda não tem piada nenhuma...
- Oi, Hollywood, posso pagar-te para os esconderes? - perguntou alguém.
- Nós podemos ter acesso aos comandos na mesma, certo? - outra pessoa perguntou.
- Vão se foder, a sério. - murmurou o Lassiter. - Estou a falar a sério. Um dia destes vocês vão respeitar-me...
A Mary apenas se inclinou nos seus braços e sorrio para o bando de doidos. De certa maneira, isto era exactamente o que o Rhage precisava, um bocado de descontracção a caminho do café. Que diabos, nesse ponto de vista, todos eles mereciam libertar alguma tensão.

[...]

E então? Gostaram do bocadinho que escolhi para vocês?

Fiquem bem e até à próxima publicação,
Sunshine ;)

2 comentários:

Ahahahhaha!
Quero ver a cara de susto deles quando descobrirem o novo "emprego" do Lassiter!

Já somos duas, Cris, já somos duas... XD