terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

TRADUÇÃO DE UM POST DA WARD SOBRE A SÉRIE NOVA

Bom dia!

Já sabem que andei muito desaparecida. A minha vida doméstico-morcegueira não anda nada boa, a profissionaleira ainda está mais pior má. Basicamente, tenho o morcegão a trabalhar longe, fiquei com as crias agarradas às asas e a gruta virou-se de cabeça para cima. Finalmente, consegui ver o que por aqui se passou e estou IMPRESSIONADÍSSIMA. Sunshine, tu foste e és fantástica!
Nos entretantos, até links cusquei. He he he e pareceu-me boa ideia incluir uma tradução do Ward que aparece no Goodreads, porque há aqui humanos pouco faladeiros de estrangeiro. Mim sabe que o tempo não dá para tudo... Ui, ui, se sei! por isso dou aqui um empurrãozito.

Aqui vai o que a senhora escritora disse:



Tenho saudades dos Irmãos.
Dos primeiros. Estou a falar de
Z
V
Butch
Rhage
Wrath
Tohr
Phury
Rehv
Etc.
Tenho saudades daquela cena no Dark Lover, em que o Fritz delicadamente pede aos irmãos que, caso queiram sangrar o humano, que o façam lá fora.

Tenho saudades dos bonés dos Sox e do Goose, dos Chupa-chupas e do Wrath a enfiar uma adaga na parede encostada à cabeça do Hollywood.
Por muito que goste da IAN tal como está, e por muito que esteja fixada em continuar a escrevê-la e vou continuar, Tenho saudade dos bons velhos tempos.
A questão é que a natureza de uma série é crescer e mudar, ou morre. Os livros da Irmandade da Adaga Negra começou com os Irmãos originais, mas depois de se contar como conheceram e se estabeleceram com as respetivas shellans, tinham de consolidar isso nos livros seguintes: com um mundo tão vasto como o da IAN temos de controlar a lente da câmara, ou corremos o risco de matar a história com muitos pormenores.
(Algo de que tenho sido acusada de fazer de tempos a tempos, e é verdade.)
Então quando a minha chefe (e revisora) e eu estivemos a pensar nas coisas na primavera passada, disse-lhe… Ei, tenho uma ideia.
Eu tenho muitas ideias. Ela está habituada.
Descrevi-lhe a nova série, em que o centro de treinos é reaberto a novos recrutas e os Primeiros Irmãos ensinam os aspirantes a guerreiros. E enquanto os novos recrutas se apaixonam e se metem em montes de sarilhos, esses Irmãos eram apresentados com as suas shellans, os seus Irmãos, o pessoal da mansão, de uma forma mais específica e que não consigo fazer nos livros da IAN.
E nada de capa dura. Voltar ao que eram os livros antigamente.
Sexo. Montes de sexo.
Tipo, ser preciso ficar em cuecas. Talvez usar um fato anti-fogo. Talvez ter um carro de bombeiros de prevenção à porta.
A minha chefe, que é inteligente, ficou tipo, uau, isso é bom. (ok, estou a parafrasear)
Por isso… teremos o primeiro da série Legado da Irmandade da Adaga Negra, Blood Kiss, a sair em dezembro.
Agora deixem-me dizer: estes Irmãos vão aparecer na mesma nos livros da IAN. Ah, sim! E de vez em quando, um dos livros será acerca deles se alguma coisa de importante estiver a acontecer (como no Rei). Não estou a afastar-me da Irmandade, estou a fazê-los crescer com os livros do Legado.
Mas tenho saudades do meus rapazes :(, quero-vos mostrar como estão. Quero levar-vos até eles – no seu novo papel como… bem, como modelos a seguir e professores.
Antes que perguntem, sim, vão ser uns filhos da mãe do piorio. Quer dizer, sejamos honestos, as coisas não mudaram ASSIM tanto. (Só um aparte, estive a falar com a Doc Jess e ela ficou impressionada com a minha capacidade de dizer mal dos meus heróis. LOLOLOLOL)
Só para dizer que os livros do legado não serão só acerca destes Irmãos. Os livros terão muito acerca destes, mas serão centrados num grande romance de casal e os Irmãos estarão por lá.
Meu Deus, devo estar maluca por alinhar nisto. Imaginam o V a oferecer conselhos amorosos? “Foda-se! Arranja-lhe umas velas pretas e uma coleira, percebeste? Depois manda-a levantar ****** ******* * ******* ******* ***** ******* Aí, vais querer informá-la que és tu que lhe dás autorização para suplicar.”
Bonito. Estou mesmo ansiosa.
*suspiro*
Bem, e quem é o primeiro a aparecer?
Um certo polícia. De Boston. Que vai estar cheio de trabalho com os novos recrutas – dois deles irão conhecer no The Shadows.
Brevemente, será revelada a capa – mas eu não conseguia estar mais tempo calada acerca do Blood Kiss!!!!!!
Gah, não presto para guardar segredos. Mas, vá lá, não mintam. Tinham saudades daquelas calças de cabedal, das botas… do Fosso.
V despidinho no chuveiro.
Não mintam.
Eu já tinha!
Boas leituras e obrigada pelo apoio, JR

Gostarem?
Mim gosteu!... Munto, munto, munto…
Desculpem a tradução que foi em cima do joelho peludo…

Beijos bons e obrigada por estarem aí!

Porque é que a parte do V despidinho não me sai da cabeça boa?...
Ai o V despidinho…

Ai….

2 comentários:

Gostei da tradução Morceguinha está mt boa. :)

Bjs :*

Ai o V despidinho....
Quando tu lês um livro e ele acaba e acaba-se a historia tu pensas e agora? E o after happy ending? O Legado vem nos trazer isto. Vem dar-nos um doce. Nós não nos queremos despedir das nossas personagens favoritas mas a Ward também ainda não está pronta para abrir mão delas.... Adorei esta ideia da "continuação da série só que não" (fiz me entender?).